Notícias Adventistas

Cadeirante encontrou no Clube de Aventureiros caminho para superação

Exemplo de Dierlane inspirou vários jovens dos clubes de Aventureiros e Desbravadores no Maranhão

17 de maio de 2018

Por Simone Joe

Há 12 anos, Dierlane atua na liderança do Clube de Aventureiros com uma vasta agenda de compromissos no sul do Maranhão

A caminho do vestibular de Medicina em Belém do Pará, o sonho de Dierlane Vasconcelos foi interrompido por um acidente automobilístico no dia 30 de outubro de 1997. Agora paraplégica, o desejo de se tornar uma cardiologista teve de ficar em segundo plano, pois na cidade de Imperatriz, sul do Maranhão, onde mora, o curso ainda não era ofertado. Deixar de estudar não era uma opção, portanto, a solução paliativa encontrada foi construir uma carreira na área da Biologia.

No entanto, a história não parou por aí.

Desde que assumiu a área de Aventureiros, o contingente de clubes cresceu seis vezes mais

Envolvimento na igreja

Muito envolvida nas atividades de sua congregação desde pequena, Dierlane não deixou que sua limitação a impedisse de continuar assídua nas programações da igreja. Bastante empenhada no Clube de Desbravadores, chegou a ocupar lugar de destaque em sua cidade e regiões ao redor.

Depois de um tempo, ela resolveu migrar para a área de Aventureiros, onde já atua há 12 anos, e exerce as funções de regional e auxiliar do líder geral da área para a região sul do Maranhão em um trabalho direto com os regionais e diretores.

A líder não se queixa de que sua vida seja diferente da dos demais. Para ela, a maior dificuldade é o fato de não poder ir para todo tipo de lugar que deseja, pois depende do transporte dos pais, que por conta de seus respectivos empregos, nem sempre estão disponíveis. No entanto, frisa que eles são extremamente amorosos e solícitos e que, inclusive, fazem longas viagens para levá-la aos treinamentos que ministra.

Atualmente, 210 Clubes de Aventureiros estão ativos no sul do Maranhão

Sobre os benefícios do Clube de Aventureiros na vida de uma criança, ela acredita que quem passa por ele antes de ir para Clube de Desbravadores não é mesma pessoa. “Ela cresce mais, o comportamento dela é diferente, ela sabe seus limites, em casa eles agem diferente”, comenta. Dierlane destaca, ainda, que muitas crianças vêm de casa com mal comportamento e o clube funciona como um importante auxílio para a construção do caráter delas.

Quando questionada sobre o motivo de tanta dedicação à Igreja, ela responde: “O que me motiva é o clube de Aventureiros. Eu amo fazer parte. Muitas pessoas ficam felizes por eu compartilhar materiais, por tirar as dúvidas delas. Me sinto muito útil. Cada dia tenho um motivo a mais para agradecer a Deus”, reflete.

Influência e inspiração

Alessandra Chaves tem 17 anos e é conselheira de um Clube de Aventureiros. A jovem líder é apenas uma das tantas pessoas que receberam a influência de Dierlane. Ela conta que passou pelos Aventureiros, Desbravadores e Sociedade de Jovens, e que sentiu o chamado de Jesus para atuar na liderança dos Aventureiros de sua igreja local. “Eu nunca me imaginei trabalhando com isso, mas como eu gosto muito de crianças e as pessoas me elegeram, senti que Cristo estava me chamando para esse trabalho”, acredita.

Alessandra se espelhou na liderança e no carisma de Dierlane e atualmente trabalha na liderança de um clube

Sobre sua líder da infância, Alessandra relembra com carinho da época. “Ela avaliava a gente. Sempre tive um carinho especial. Eu a admirava, o lenço que ela usava. Eu queria ser igual a ela. Sempre tratou todos os aventureiros com muito carinho”, recorda.

Hoje, Dierlane se considera feliz e realizada. Ao concluir Biologia, cursou também Assistência Social, é funcionária pública e está fazendo o que mais gosta: ajudar muitas pessoas.

“O dia da volta de Jesus é o dia mais sonhado, não só para mim, mas para todos os meus liderados, também para os pais que conheceram a Jesus através de seus filhos aventureiros. Eu tenho a certeza que, no Céu, encontrarei muitos aventureiros que eu nem lembro mais e que também estará cheio de pais que apoiaram seus filhos no Clube de Aventureiros”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox