Notícias Adventistas

“Blitz de oração” abordou pais ao levarem seus filhos ao colégio

A ação criativa aconteceu nas unidades escolares da Rede Adventista de Educação em Itabuna e Teixeira de Freitas

Por Evellin Fagundes 18 de fevereiro de 2020

A “blitz de oração” abordou pais e motoristas para propor oração. (Foto: divulgação)

O movimento dos 10 Dias de Oração promovido pela Igreja Adventista do Sétimo Dia entre 6 e 15 de fevereiro, também foi abraçado pelas instituições da Rede Adventista de Educação. No sul da Bahia, algumas atividades foram propostas nas unidades escolares da região para motivar alunos e professores a orar, para isso, prepararam espaços especiais para os momentos de oração para serem usados no início das aulas e também espalharam cartazes com lembretes para oração. “A educação Adventista se propõe a ir muito além do ensino, visando isso, nós utilizamos esse período dos 10 Dias de Oração que a igreja está fazendo e trouxemos para a escola porque nós entendemos que a oração é um recurso muito importante que Deus nos deu para podermos falar com Ele”, disse o pastor escolar do Colégio Adventista de Itabuna, Micael Yuri.

Durante o projeto “10 Dias de Oração”, unidades escolares da Rede Adventista incentivaram alunos e professores para que orem mais. (Foto: divulgação)

No colégio de Itabuna e na escola de Teixeira de Freitas, ao final dos 10 Dias de Oração, uma iniciativa foi criada para levar o hábito da oração também para os pais dos alunos e para os responsáveis pelo transporte escolar. A instituição, com o apoio dos alunos, montou uma “blitz de oração”, que abordou, gentilmente, essas pessoas e assim a proposta era feita: podemos orar por você? Todos os dias, seu Genivaldo leva sua filha Andressa para as aulas e conta que se surpreendeu com a blitz. “Eu achei interessante porque muitas vezes a gente precisa de uma oração, ainda mais no mundo que nós vivemos hoje em dia. Tem um ditado que fala mais oração, mais poder, não é verdade? A gente se sente mais aliviado, mais tranquilo. Hoje fui surpreendido, maravilhoso”, descreveu.

Maíne Regly é aluna do 3º ano do ensino médio, participou dos 10 Dias de Oração e também da blitz. Para ela, foram momentos decisivos para mudar seus hábitos. “Antes eu orava quando eu sentia vontade, agora determinei horários fixos. Hoje oro todos os dias, de um sábado até o outro sábado. Eu oro por coisas específicas, cada dia tem uma coisa, um dia eu oro pelos menus sonhos, no outro eu oro por alguém que pediu que eu ore, oro por pedidos especiais, pela escola, mas eu oro sim, muito melhor depois que eles pediram para a gente organizar nossos horários de oração”, contou. Sobre as orações que ela fez com outras pessoas durante a blitz, Maíne revelou que foi uma realização. “Eu sempre peço pra Deus que eu quero ser luz na vida de alguém e Ele me deu essa oportunidade. As pessoas olhavam pra mim, me agradeciam, pediam pra que Deus me abençoasse, eu me senti realizada”, concluiu.

Veja a reportagem em vídeo nesta sexta-feira, 21 de fevereiro, no programa Revista Novo Tempo, a partir das 18h45 na TV Novo Tempo.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox