Notícias Adventistas

Aventureiros levam esperança aos cemitérios de Natal no Rio Grande do Norte  

3 de novembro de 2014

Conforto e carinho através de pequenos gestosNatal, RN… [ASN] Todos os anos, milhares de pessoas visitam os seus entes queridos, no dia de finados. E nestas visitas, os túmulos são adornados com coroas de flores, ramalhetes, faixas e velas. Amigos e familiares fazem homenagens, choram e trazem na memória, lembranças daqueles que não estão mais entre os vivos.

Nesse ano, os cemitérios de Natal, como de costume, receberam uma turma diferente. Os clubes de aventureiros da cidade, em diferentes pontos, resolveram levar esperança para os visitantes, através de gestos de carinho e a entrega de uma literatura.

“Algumas delas ficaram meio que com medo, outras bem ansiosas, mas ao final, todas estavam cumprindo seu papel – falar de Jesus para as pessoas”. Esse foi o relato da diretora do clube Cruzeiro do Sul Júnior, Jeciane Fernandes. Eles estiveram no Cemitério do Bairro do Alecrim, na tarde do último sábado, com cerca de 40 integrantes do clube, entre crianças e adultos.

Depois que o medo e a ansiosidade passaram, a meninada entregou mais de 150 livros como o título: “A única Esperança”. De inicio, quem foi abordado achava que era pra vender, mas ao receber um sorriso e o presente, apesar da tristeza, logo sorria também. Momento esse em que os pequenos aproveitavam e além do livro, davam um abraço bem apertado.

Foi uma tarde diferente para essa turma, mas certamente, mais diferente ainda, para os que estavam ali, chorando pela perda de alguém.  Essa iniciativa tem o nome de “Projeto Bálsamo” e é realizado anualmente pelos membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia, em todo o Brasil e mundo. É uma oportunidade de levar alívio através de pequenas ações. Cada entrega, cada ato desses voluntários, traz sempre conforto para essas pessoas, por apresentarem mensagens de encorajamento, esperança e motivo pra viver diante deste desagradável quadro de tristeza.

Para quem não tem mais a esperança de ver novamente os seus, o papel desses meninos e meninas traduzem o que eles acreditam – que Jesus enxugará dos olhos todas as lágrimas.Equipe ASN, Andréa Figueiró]

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox