Notícias Adventistas

Igreja celebra a marca de 40 mil adventistas na região central do Amazonas

Momento histórico para a Igreja Adventista do Sétimo Dia.

IMG_1834

Pastores Ivan Jr. e João Marcon, junto com o Fabio (ao centro) durante a gravação do seu testemunho.

Manaus, AM…[ASN] Na última sexta-feira, 26 aconteceu uma celebração especial no escritório da Igreja Adventista do Sétimo dia na região norte e centro-oeste do Amazonas (Associação Central Amazonas), pois Fabio Junior Rodrigues de Sousa foi o adventista de número 40 mil a ser cadastrado no sistema que organiza todos os dados dos fiéis batizados. Sousa conheceu a igreja ainda criança, quando participava de um pequeno grupo com sua mãe. Na adolescência frequentou o Clube de Desbravadores, mas, aos 15 anos, ele se afastou da igreja e seguiu por caminhos errados. Durante a programação da Semana Santa deste ano, Sousa sentiu o desejo de voltar para a igreja. Ele e a esposa receberam os estudos bíblicos e decidiram entregar suas vidas a Jesus, demonstrando de maneira pública através do batismo.

Para o presidente da Igreja Adventista do Sétimo Dia na região (Associação Central Amazonas – ACeAm), pastor Sérgio Alan, a marca histórica de 40 mil adventistas se deve ao fato de que a igreja acredita na segunda vinda de Jesus Cristo e os fiéis se tornam verdadeiros discípulos, formando um grande exército de missionários. “Temos missionários na capital e no interior do estado, pessoas e famílias que mudaram de cidades e bairros apenas para pregar o evangelho”, destaca o pastor. Sérgio ainda complementa que o comprometimento de cada um é fruto de uma entrega total a Deus, gerando o crescimento na evangelização do território.

IMG_7989

Equipe do escritório celebra a marca histórica.

O escritório na região conta atualmente com 67 pastores, atuando na capital e no interior. Todos os anos, os pastores participam de concílios junto com suas famílias. Nessas reuniões, são passadas as diretrizes do trabalho que será desenvolvido durante todo o ano. Após o encontro, o escritório promove uma reunião geral com todos os fiéis, para motivar, capacitar e distribuir os materiais evangelísticos. Este ano, o programa reuniu mais de 3 mil pessoas nos dois dias de treinamento, todos líderes voluntários que atuam nos departamentos da igreja. “O crescimento tem sido integral nas diversas áreas da igreja, como a área educacional, publicações, expansão patrimonial, capacitação de liderança e outras mais”, enfatiza o pastor Sérgio. Para ele, a unidade da equipe gera a unidade na igreja, fortalecendo as frentes missionárias conduzidas por seguidores dedicados e que investem seu tempo, talento e recursos na missão.

Para o secretário na região, pastor João Marcon, alcançar a marca traz um sentimento de alegria, de realização e de satisfação para toda a equipe administrativa, diretores de departamentos, funcionários, pastores da região e todos os adventistas. “Neste dia que comemoramos e consagramos estes 40 mil membros em um culto especial, eu estava como que sonhando e via na face dos nossos queridos fiéis um misto de alegria e de lágrimas, por fazerem parte da história do povo de Deus”, encerrou o pastor.

O início

Em 1921*, os missionários Leo Halliwel e sua esposa Jessie foram chamados para servir ao trabalho missionário no Brasil, onde atuaram por 38 anos. Depois de sete anos em terras brasileiras, o casal Halliwell foi enviado para o leste e depois para o norte do Brasil. Em uma viagem exploratória de barco e canoa, ao longo do Rio Amazonas, o jovem casal missionário consternou-se ao descobrir a pobreza, a superstição e as doenças do povo daquela região.

Profundamente impressionado, Halliwell angariou fundos para conseguir construir uma lancha, que alcançasse os dois milhões de habitantes ao longo de 40 mil milhas de rios navegáveis formadores da Bacia Amazônica. De picareta na mão, ele mesmo saiu pelas matas da Amazônia para construir a estrutura do barco, medindo 30 pés de comprimento, por dez de largura. Instalou o motor e a fiação, e começou a pilotar a sua clínica aquática por 30 anos: a “Luzeiros”.

foto andré 5

1° templo da Igreja Adventista do Sétimo Dia localizado no centro de Manaus.

Leo e Jessie atenderam mais de 50 mil brasileiros e índios, vítimas de doenças tropicais e outras, assim como espalharam a mensagem adventista para um grande número de pessoas. Com o empenho destes pioneiros, iniciou-se um trabalho que resultaria na Missão Central Amazonas, criada em 1941. Em 1947, a inauguração da 1° Igreja Adventista do Sétimo Dia no centro de Manaus, marcou a consolidação do trabalho que avança cada vez mais pelo norte do país.

Clique aqui e assista o testemunho do Fabio.

Clique aqui e veja as fotos da celebração.

[Equipe ASN, Priscila Baracho e Tatiane Virmes / Fonte: *Centro White Unasp-EC]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox