Notícias Adventistas

Altura é o limite para se levar esperança às pessoas

Apesar da idade, o senhor Carlos encarou o desafio de subir uma escada, na areia da Praia do Cabo Branco, em João Pessoa (PB) para levar esperança a um trabalhador da construção.

Por Andréa Figueiró 28 de maio de 2019

A movimentação entre fiéis adventistas e voluntários no projeto Impacto Esperança 2019, na Paraíba e Rio Grande do Norte, começou ainda no início da semana. Além da distribuição dos livros “Esperança para a família”, em instituições, supermercados, shoppings, nas orlas das cidades e diversos outros pontos  nos dois Estados, ainda foi feita uma pesquisa, para saber se fatores como; uso da internet, religião, finanças, relacionamentos, afetavam a vida familiar. Oportunidade esta que favorecia a recepção da literatura, já que o livro aborda sobre o caminho para a felicidade na família.

Em João Pessoa, Paraíba, a juventude se reuniu numa das principais orlas do Estado, precisamente na Praia de Cabo Branco. Banhistas, turistas, esportistas que passavam por lá, na manhã do último sábado (25) tiveram a oportunidade de levar para casa, um exemplar, e ainda, saber mais sobre o projeto.

Para o professor Carlos Garcia, um dos participantes,  nem o sol de 36 graus, nem mesmo as alturas, foram empecilhos para levar esta esperança, para algumas pessoas por onde ele passava. Enquanto alguns trabalhadores da construção civil estavam trabalhando perto do Busto de Tamandaré, na mesma praia, ele não hesitou em subir numa escada,  para lhes entregar a literatura. “Estou sempre pronto a servir às pessoas, pois tenho senso de urgência da finalização da obra da pregação do evangelho, para que Jesus venha logo. Por isso, é importante que mais pessoas conheçam do amor de Cristo por nós. Não existem barreiras para levar esperança”, Ressaltou.

“Não existem barreiras para se levar esperança às pessoas”, Carlos Garcia.

Em Natal (RN) crianças e pais foram para a frente de diversas lojas, para aproveitar o movimento do comercio local. Na região metropolitana de João Pessoa (PB) os fiéis realizam flash mob nas principais avenidas, dramatizando discussões de casais, em Campina Grande, também, na Paraíba, autoridades públicas receberam os livros, dos desbravadores, parceiros da iniciativa.

Crianças abordavam as pessoas no comércio de Natal(RN) para deixar um exemplar do livro

Para o pastor André Saraiva, que liderou a entrega de quase cinco mil livros em região da capital potiguar, esse envolvimento cresce a cada edição do projeto, graças ao seu propósito. “O impacto esperança proporciona não só o despertamento da missão entre os participantes, como também, o espírito de unidade. E ainda, leva as pessoas a fazerem uma reflexão sobre a temática, que este ano abordou um item tão esquecido, que é o tema da família. Ou seja, de todas as maneiras, tudo converge para o objetivo final, aproximar as pessoas ao Salvador Jesus”, ressaltou.

Ao total, 300 mil livros foram entregues em todo o território. É para festejar esse número, e mais Hum milhão e duzentos mil exemplares (1.200,000,00) nos últimos quatro anos, foi feita uma grande festa de celebração, aonde, de forma simbólica, gestores municipais da capital paraibana e Cabedelo, receberam das mãos de alunos da educação adventista do município. O evento reunião mais de mil pessoas, no ginásio O Ronaldão.

Confira algumas fotos :

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox