Notícias Adventistas

Batismo de primeiro adventista de origem japonesa no Brasil completa 90 anos

Converso de origem japonesa tomou decisão em 1925 por influência da educação adventista.

11 de novembro de 2015
Grupo Japonês participa de reunião no salão dos jovens da Igreja Central Paulistana. Crédito: Revista Adventista

Grupo Japonês participa de reunião no salão dos jovens da Igreja Central Paulistana. Crédito: Revista Adventista

Tatuí, SP … [ASN] Em 1925, registros oficiais davam conta do nome de Samulo Kitajima, considerado o primeiro descendente de japoneses batizado na Igreja Adventista do Sétimo Dia no Brasil. Seu nome consta de uma dissertação de mestrado de um pastor adventista. Conforme a história, Samulo foi influenciado para a decisão espiritual a partir dos estudos no então Colégio Adventista Brasileiro (CAB), atualmente Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp – campus São Paulo). O descendente teria falecido cinco anos depois de sua conversão, em 1930.

A conexão entre a imigração japonesa ao Brasil e a criação das primeiras comunidades adventistas de japoneses é algo que ocupou, por exemplo, pesquisas do professor Elder Hosokawa. Em um artigo intitulado A conversão de imigrantes japoneses no Brasil à Igreja Adventista do Sétimo Dia, escrito por ele e por Haller Schuneman e publicado na Revista de Estudos de Religião (Rever), um episódio chama a atenção sobre a conversão de um estudante japonês do budismo ao adventismo. “Kiyotaka Shirai (1920-1987), diferentemente dos demais estudantes japoneses que passaram pelo Collegio Adventista, chegou ao Brasil adolescente do Japão indo com seus pais se estabelecer em Sete Barras, no interior paulista”.

Hosokawa ressalta que o batismo de Shirai, um dos pioneiros na área de fotografia e vídeo dentro da Igreja Adventista no Brasil, foi atípico, pois “essa narrativa parece ser uma exceção ao padrão dos japoneses que se converteram ao Adventismo, pois os poucos que se converteram ao Adventismo nesse período já eram cristãos”.

Outros detalhes e informações, inclusive a partir dos registros levantados pelo professor Hosokawa, além de episódios interessantes sobre esse momento da história do brasil e do adventismo foram escritas em uma reportagem especial assinada por Leonardo Siqueira para a Revista Adventista. [Equipe ASN, da redação, com informações da Revista Adventista]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox