Notícias Adventistas

Alunos recolhem tampinhas de plástico e ajudam animais de rua

O valor dos materiais é convertido em rações e em recursos para a castração de pets de rua

Por Damáris Gonçalves 5 de agosto de 2021

Centenas de tampinhas foram arrecadas no mês de junho (Foto: Jaime Costa)

Em parceria com uma organização não-governamental, os alunos do Colégio Curitibano Adventista do Bom Retiro escolheram ajudar os pets que vivem nas ruas. A escola realizou uma gincana com cada turma a fim de recolher tampinhas de garrafa pet descartadas incorretamente. O projeto começou em junho deste ano e irá continuar permanentemente, transformando a escola em um ponto de coleta vitalício na cidade. 

 A ideia vem da parceria com a ONG ECOPET, organização especializada em converter esses materiais em recursos para castrar animais de rua e comprar ração para alimentá-los. Assim que as tampinhas são recolhidas, a ONG as vende para cooperativas de reciclagem, transformando o lixo em algo novo e reutilizável. O fundador da ECOPET, Gerson Navarro, explica que além do cuidado com a natureza, a atenção para com os pets faz toda diferença para a sociedade. “Precisamos ensinar as crianças a cuidar dos animais de rua, pois eles estão no mesmo patamar, só que os animais não têm ninguém que os ajude”, conta Navarro. 

Projeto em Ação

Em levantamento feito pela Organização Mundial da Saúde (OMS), existem cerca de 30 milhões de cães e gatos abandonados em todo País, sendo a maioria (20 milhões) cachorros. Em vista disso, a ECOPET e a Escola Adventista decidiram fazer a sua parte e amparar esses animais. Para a coleta desses materiais, as famílias dos alunos se engajaram no projeto, coletando o máximo possível, não só para a gincana, mas também para o bem do meio ambiente. 

A supervisora do projeto e orientadora da escola, Marcele Camargo, explica que esse incentivo adicional desperta o interesse das crianças e as torna mais sensíveis à conscientização da arrecadação. “A turma que mais arrecadasse já tem garantido uma sorvetada para poderem desfrutar dessa gincana”, revela a educadora.   

Aluna montou ponto de coleta em seu prédio, arrecadando centenas de tampinhas (Foto: Jaime Costa)

O compromisso com a educação e a sustentabilidade não parou por aí. Como presente de aniversário, os alunos receberam um kit de canudos de alumínio, com material específico para a higienização dos objetos. O próximo projeto da escola será incentivar os alunos a recolherem lacres de alumínio, tendo o mesmo destino das tampinhas de plástico. A aluna Luiza Vignola se mostra animada com os projetos, pois desta forma, ela poderá continuar fazendo a sua parte na preservação da natureza. “Eu me sinto super feliz porque estou ajudando muitos animais”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox