Notícias Adventistas

Voluntários alimentam moradores de rua durante isolamento

Grupo de Maringá trabalha em parceria com a Secretaria de Assistência Social do município.

Por Gustavo Cidral 2 de abril de 2020

Voluntários do Sopão 180 devidamente protegidos para atender as pessoas. (Foto: Arquivo Pessoal)

O isolamento social para diminuir o contágio do Covid-19 é mais fácil para quem tem casa e comida. Para pessoas em situação de rua, a vida ficou mais difícil. A maioria depende de doações para se alimentar, e com o fechamento dos comércios e a diminuição de fluxo de pessoas nas ruas, as refeições ficaram escassas.

Leia também:

O ministério Sopão 180, formado por voluntários adventistas em Maringá, entregava marmitas para pessoas necessitadas toda semana. Porém, as saídas noturnas foram interrompidas por causa do decreto municipal e para evitar o contágio. Mas o trabalho não parou. O Sopão é um dos parceiros da Prefeitura para atender durante o isolamento as pessoas que não têm onde morar.

A Secretaria de Assistência Social levou todos os desabrigados da cidade para um ginásio de esportes, onde eles podem dormir, tomar banho, receber atendimentos de saúde e se alimentar. As refeições são providas pelo Sopão 180. Os voluntários continuam a arrecadar doações e a preparar as marmitas. Além de entregar os alimentos, o grupo dedica tempo e atenção às pessoas, com conversas, jogos e qualquer outra necessidade.

Confira abaixo as reportagens da RPC (Globo PR), RIC (Record PR) e Band Maringá sobre o atendimento feito pelos voluntários:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox