Notícias Adventistas

Plataforma quer formar novos youtubers cristãos

O Feliz7Class vai ensinar sobre técnicas de áudio, gravação e conteúdo para quem quer usar a internet na pregação do evangelho

Por Anne Seixas 9 de julho de 2021

Projeto é fruto do Feliz7Play, que quer incentivar a criação de conteúdo (Imagem: Divulgação)

Se você abrir o YouTube agora, facilmente encontrará conteúdo sobre os mais diversos assuntos, inclusive cristãos. De acordo com uma pesquisa publicada pela Cisco em 2019, a plataforma é hoje a segunda mais buscada na internet.

Ainda segundo esses dados, 80% do conteúdo encontrado na web é em vídeo. Pensando nisso, nasce o Feliz7Class, uma escola para formar youtubers cristãos, lançado em parceria com o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp). Serão 166 videoaulas divididas em dois idiomas, além de 13 pacotes de aulas extras.

O conteúdo é direcionado especialmente ao público jovem. “Muitos adolescentes e jovens que visitam o Feliz7Play enviam mensagens expressando o desejo de participar das séries, filmes e da missão de compartilhar Jesus através de conteúdos em vídeo. O Feliz7Class é uma resposta a esses pedidos”, explica Carlos Magalhães, gerente de Estratégias Digitais da Igreja Adventista na América do Sul.

Leia também:

“Deus usa as mais diferentes ferramentas para a pregação do evangelho. Eu acredito que toda tecnologia nos dá possibilidades multiplicadas para que o evangelho seja pregado de maneira mais clara, mais forte e de maneira mais incisiva”, enfatiza Rafael Rossi, que liderou o departamento de Comunicação da sede sul-americana adventista até o dia 6 de julho e ajudou a desenvolver o Feliz7Class.

Ensino à distância

As turmas serão abertas periodicamente. Os alunos aprenderão a como planejar o canal, receberão instrução técnica sobre captação de áudio e vídeo, além de aprenderem a divulgar o conteúdo, tudo isso dividido em 13 módulos.

O objetivo é “treinar e preparar uma geração, que já conhece muito de tecnologia e redes sociais, para servir como missionários e influenciadores positivos no mundo digital”, sublinha Magalhães.

Para Rossi, a pandemia acelerou o processo de migração. “Com a pandemia, precisamos nos reinventar e migrar para o digital. Os jovens eram os que estavam mais aptos a usar com a tecnologia em favor do evangelho. Foram eles que puxaram a fila para todas as transições, adaptações e o uso mais estratégico da comunicação.”

A proposta foi apresentada e aprovada durante a Comissão Diretiva Plenária (Foto: Gustavo Leighton)

A primeira aula estará disponível gratuitamente no canal do YouTube do Feliz7Play para que todos possam conhecer parte do conteúdo. Para aqueles que se matricularem, terão acesso às aulas por meio do Next, plataforma de ensino à distância do Unasp.

“Por causa da internet, as informações se tornaram mais acessíveis. No entanto, ainda há uma lacuna no acesso ao conhecimento. O Unasp entende que a experiência que a instituição traz somada à informação e o princípio cristão que passamos para os alunos formam o conhecimento”, explica Geyvison Ludugério, coordenador de cursos de extensão do ensino a distância do Unasp.

Para saber sobre o lançamento do Feliz7Class, siga o Feliz7Play no Instagram.

Do outro lado da história estão os pastores e líderes de igrejas locais que poderão aprender e aperfeiçoar seus dons para a pregação pela internet. Nos próximos meses será lançado o Ministério Digital.  

Com um conteúdo voltado especialmente para a liderança, a proposta é que eles aprendam a se comunicar melhor usando as novas tecnologias, ocupando espaços nas redes sociais e, também, criando conteúdo para o Youtube e outras plataformas. Para Rossi, idealizador do projeto, “é essencial que os líderes estejam preparados e atuantes nessa nova e crescente forma de falar de Jesus.”  

Veja o trailer:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox