Notícias Adventistas

Monitores de Disciplina Escolar aprendem sobre Gerenciamento de Crises em Porto Alegre (RS)

29 de fevereiro de 2016
IMG_84971

Monitores aprenderam sobre a importância de priorizar a gestão da imagem da organização no dia a dia e diante de uma situação de vulnerabilidade.

Porto Alegre, RS… [ASN] Gerenciamento de crise. Este foi o tema de palestras durante a Capacitação de Monitores de Disciplina e Diretores, que aconteceu no dia 16 de fevereiro, no Colégio Adventista Marechal Rondon. O treinamento reuniu esta segmentação de servidores de 9 escolas e colégios adventistas do centro do Rio Grande do Sul. Esta é uma das primeiras iniciativas onde o grupo de Monitores de Disciplina recebe treinamento específico para gerenciamento de crises juntamente com a diretoria escolar.

“O motivo é claro: os monitores são as pessoas que estão em contato direto com os alunos, seja na hora do intervalo, na hora da entrada e saída da escola. Quando ocorrem imprevistos, eles provavelmente tomarão a primeira atitude até chegada do diretor. Por isso, eles precisam saber o que fazer”, explica a coordenadora pedagógica do centro do estado, Roseli Aguero.

Na ocasião, a advogada da Igreja Adventista no centro do Rio Grande do Sul, Juliana Lemos, explorou o código de ética educacional e instruiu os servidores a sempre tomarem decisões coerentes com este documento, a fim de prevenir processos. “É muito importante que os servidores sigam à risca o código de ética. Isso garante que toda disciplina aplicada nos alunos e toda atitude tomada pela instituição, está de acordo com a jurisdição, o que previne que a escola fique exposta a processos” explica a doutora.

Já a assessora de comunicação da igreja na mesma região, Andréia Silva, informou ao grupo o que são crises de imagem e descreveu as primeiras atitudes a serem tomadas diante de alguma vulnerabilidade.

Este slideshow necessita de JavaScript.

“Quando se trata de tragédias, o primeiro contato a ser feito é com a emergência, a fim de prestar socorro à vítima. Em seguida, é necessário acionar a Equipe de Gerenciamento de Crises da associação. Cada campo tem um comitê especializado (composto por administradores, departamental de comunicação, advogado e assessor), que vai estudar o caso e orientar todas as decisões escolares que serão tomadas em sequência, buscando conter a crise para que não se expanda na mídia de forma incoerente”, informa.

“Além disso, também demos ênfase na atuação preventiva. Mapear riscos e corrigi-los é melhor do que gerenciar uma crise já estabelecida”, acrescenta.

Para Alvoni Pereira dos Santos, monitor disciplinar que trabalha no colégio que sediou o evento, as palestras foram esclarecedoras “Havia muitas coisas que eu precisava relembrar e também ouvi muitas informações novas. Com certeza este conteúdo será muito útil para o nosso trabalho”, reflete.

Durante o mês de março, equipes de zeladoria, orientação e coordenação pedagógica de todas as escolas adventistas na mesma região, também receberão treinamentos sobre este tema. [Equipe ASN, da redação]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox