Notícias Adventistas

Com inauguração, Manaus passa a ter templos adventistas em todos os bairros

Cidade foi a primeira do mundo a ter uma congregação adventista em cada bairro. Em Adrianópolis, no entanto, prédio era alugado.

Por Priscila Baracho Sigolin 23 de julho de 2019

Cerca de 50 pessoas participaram da primeira reunião que aconteceu em 2013 em um hotel da capital amazonense (Foto: Arquivo)

Sábado, 26 de outubro de 2013. O verão amazônico estava em seu auge e Manaus, a capital do Amazonas, havia acabado de completar 344 anos. O que poderia ser um dia normal para a maioria das pessoas foi diferente para um grupo de adventistas. Na data aconteceu a primeira reunião da igreja adventista do bairro de Adrianópolis. Ainda sem local para congregar, o primeiro culto aconteceu no hotel com o mesmo nome, reunindo cerca de 50 pessoas.

Desde então, a cidade entrou para a história da Igreja Adventista do Sétimo Dia em nível mundial como a primeira a ter um templo da denominação em cada bairro. Esforços missionários não faltaram para que isso acontecesse. Famílias que congregam no bairro Cachoeirinha aceitaram o convite do pastor Ronivon Santos, escolhido para levar o projeto adiante, para integrarem a iniciativa. Juntos, foram os pioneiros do que hoje é a igreja adventista do sétimo dia – Comunidade SER, com mais de 400 membros.

Leia também:

Por cinco anos, os membros congregaram no espaço do Teatro Manauara, localizado em um importante centro de compras da capital amazonense (Foto: Arquivo)

A motivação inicial para plantar um templo adventista no bairro de Adrianópolis começou com um projeto de Missão Global que desafiou as sedes administrativas a estabelecer igrejas em grandes centros. Após um tempo, não foi mais possível se reunir em hotéis. Sendo assim, os líderes mostraram a proposta aos administradores do shopping Manauara, que abriram o espaço. A partir daí, os membros passaram a se reunir no teatro Manauara. O primeiro batismo no local aconteceu no dia 27 de abril de 2014.

Crescimento

A igreja foi crescendo e o sonho de um templo próprio sempre esteve presente. Adrianópolis é considerado o bairro com o metro quadrado mais caro da cidade, sendo este, portanto, um grande desafio para a compra de um terreno para a construção.

“Deus foi abrindo as portas. Ele deu o terreno, Ele deu o projeto e chegou o momento dos recursos virem e Deus foi providenciando tudo”, explica o presidente da Igreja na região, pastor Sérgio Alan.

Presidente da Igreja Adventista na América do Sul, pastor Erton Köhler crava pá no terreno durante o lançamento da pedra fundamental (Foto: Jonatas Corrêa)

Após negociações, orações e esforços tanto dos membros quanto da administração da denominação na localidade, o terreno foi adquirido em 2015. No dia 19 de setembro aconteceu o lançamento da pedra fundamental, com a presença dos líderes da Igreja Adventista e também das instituições como Casa Publicadora Brasileira, Rede Novo Tempo e Superbom.

Ao longo do tempo, para alcançar a comunidade, os membros têm estimulado as amizades e trabalhado com os Pequenos Grupos, onde os relacionamentos são a ponte para alcançar corações. Além disso, tem sido desenvolvido o projeto da classe bíblica com amigos da Novo Tempo, tudo potencializado com a união de forças com os membros da antiga comunidade Viva Mais.

Inauguração

Motivação inicial para plantar uma igreja adventista no bairro de Adrianópolis começou com um projeto de Missão Global. (Foto: Ivo Mazzo)

Após cinco anos congregando no espaço do Teatro Manauara, no dia 20 de julho o templo adventista no bairro de Adrianópolis foi oficialmente inaugurado. O momento foi marcado pelo sentimento de gratidão e alegria de quem começou uma história e vê parte dela sendo concluída.

Templo é um marco histórico para o adventismo em Manaus e também mundialmente. (Foto: Alexandre Queiroz)

O pastor Bruno Raso, vice-presidente da Igreja Adventista para oito países sul-americanos, compartilhou uma mensagem bíblica baseada no livro de Neemias e destacou as ferramentas que Deus usou para a reconstrução dos muros de Jerusalém. “Deus vai além dos nossos sonhos e adiante deles. Oração e confiança nas promessas do Senhor liga nossa impotência com a potência de Deus”, ressaltou.

Durante a inauguração estiveram presentes os líderes eclesiásticos da Igreja, o diretor geral da Casa Publicadora Brasileira, pastor José Carlos de Lima, bem como o presidente da Igreja para a região noroeste do Brasil, pastor Gilmar Zahn, e o presidente da denominação para a região norte e centro-oeste do Amazonas, pastor Sérgio Alan Caxeta.

Pastor Bruno Raso sorri após o batismo do casal de médicos José Álvaro e Cristiane Queiroz, frutos do trabalho da igreja no bairro. (Foto: Ivo Mazzo)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox