Notícias Adventistas

Kombi missionária leva família ao batismo

Veículo usado para auxiliar membros adoentados e de mais idade chamou a atenção de Heraldo e sua família

5 de setembro de 2016

Heraldo com o filho Lucas e sua esposa Camila com a pequena Sophia

Rio de Janeiro, RJ… [ASN] Heraldo Lima estava pensando em jogar bola naquele sábado, como fazia costumeiramente. Mas a kombi com o símbolo da Igreja Adventista chamou sua atenção. Desde então, ele trocou o jogo de futebol pelo culto de adoração a Deus aos sábados.

Lima e Camila, sua esposa, frequentavam outra denominação. Ele estudava Teologia num seminário evangélico, até que iniciou uma matéria sobre os livros de Daniel e Apocalipse e quis aprofundar sua pesquisa através do YouTube. Ele encontrou vídeos do programa Na Mira da Verdade e apreciou a abordagem do professor Leandro Quadros, sobretudo a clareza e facilidade com que ele falava sobre as profecias. “Achei muito interessante. Ele falava com muita autoridade e tudo era baseado nos textos bíblicos”, relembra o esposo.

Futebol mudou do sábado para o domingo

Pastor Jeferson Dantas (esquerda) ao lado de Heraldo, o filho Lucas e um dos motoristas da kombi, Wesley

Heraldo tinha o hábito de jogar futebol aos sábados pela manhã, e num deles, quando estava a caminho do jogo, viu uma kombi com adesivo da imagem da volta de Jesus e os símbolos da Igreja Adventista do Sétimo Dia e da TV Novo Tempo. Tratava-se da kombi missionária da igreja do bairro de São Luís Gonzaga, em Queimados, Rio de Janeiro, que, a cada culto, transporta membros e amigos adoentados até o templo. “Sem pensar muito fui até o motorista e perguntei onde estavam indo, pois reconheci os símbolos e queria conhecer uma Igreja Adventista. Fui tão bem recebido e encontrei ali a verdade que estava procurando, com a base bíblica que procurava no seminário”, conta .

Ele e sua esposa foram batizados ao final da Semana Santa, em abril, e hoje toda família está firme na fé. O casal tem dois filhos: Lucas, de 2 anos, e Sophia, de 6 meses.

“Estou muito feliz porque aqui sentimos que somos parte de uma família. Nossa caçula, de 6 meses, Sophia, é uma “adventista de berço”. E digo com propriedade que eu e minha família servimos ao Senhor”, pontua Camila.

O veículo foi adquirido para auxiliar os membros que têm dificuldade de locomoção. “É um trabalho missionário que fazemos com nossos irmãos de mais idade ou algum problema de saúde. Fico feliz em ajudar nossos queridos a chegarem na igreja, além de poder fazer propaganda”, comenta Wesley Pimenta Silva, um dos motoristas. [Equipe ASN, Fabiana Lopes]

Salvar

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox