Notícias Adventistas

Jornalista dá testemunho de fé na mídia equatoriana

Testemunho de Henry Avelino fala muito sobre a disposição de fazer a vontade de Deus por meio do uso dos dons.

13 de setembro de 2014
Henry chegou a ficar um dia sem dormir por causa de viagens para gravar materiais como voluntário da Nuevo Tiempo

Henry chegou a ficar um dia sem dormir por causa de viagens para gravar materiais como voluntário da Nuevo Tiempo

Santo Domingo de los Tsáchilas, Equador … [ASN] Uma iniciativa inédita acontece desde sexta-feira, 12 e termina nesse sábado, 13, no Equador e envolve cerca de 130 pastores. O treinamento para uso dos meios digitais no compartilhamento de mensagens bíblicas de esperança, chamado GAIN Pastoral, está mexendo com os conceitos de líderes religiosos adventistas do país sul-americano. E também revela algumas histórias incríveis de um jornalista que serve como exemplo de dedicação à obra divina.  O mestre de cerimônias do evento, Henry Avelino, tem uma história de vida interessante.

Henry Avelino Rodríguez, casado, quatro filhos, com 39 anos de idade, pode ser considerado alguém que dá grande testemunho aos meios de comunicação equatorianos e usa seus dons com muita alegria. Há 21 anos Avelino, que é adventista de terceira geração (pais e avós sempre foram membros da Igreja também), iniciou seu trabalho em televisão como uma espécie de estágio não remunerado. Nessa emissora chamada Cable Visión o jornalista teve uma inusitada oportunidade. O apresentador de um programa muito popular de ajuda financeira a pessoas pobres chamado SOS subitamente desistiu de sua função. Foi a chance do ainda inexperiente Henry Avelino fazer sua estreia diante das telas. “Algum tempo antes dessa oportunidade, havia convidado meu chefe chamado Douglas Franco para ir à Igreja Adventista. Ele foi, gostou e, quando aconteceu essa renúncia do antigo apresentador, ele sugeriu meu nome porque tinha de ser alguém honesto, confiável e que se comunicasse bem. O fato de ser adventista me ajudou”, relembra.

O profissional equatoriano permaneceu durante 17 anos à frente do programa que arrecadava até 5 mil dólares por semana e recebia em torno de 300 ligações de gente oferecendo dinheiro para colaborar com as causas apresentadas. Nesse tempo, o adventista aproveitou a atração de grande audiência para apresentar textos bíblicos e levar um pouco de sua fé aos telespectadores.

Renascimento

Há seis anos, Avelino sofreu um grave acidente quando retornava de uma cobertura jornalística no interior do Equador. Seu rosto foi seriamente afetado e teve fraturas sérias na perna a ponto de quase perdê-la. Por cinco dias, esteve em coma em uma unidade de terapia intensiva e tudo indicava que iria morrer. O caso teve repercussão não apenas na Igreja Adventista do Equador, mas fora também e até canais de TV dos Estados Unidos deram atenção à incrível recuperação do jornalista. Em aproximadamente um mês, ele reagiu e, conforme sua própria análise, “eu renasci, voltei à vida”.

Apesar de já ser bastante envolvido com as atividades da Igreja, Henry Avelino sentiu que sua cura miraculosa foi importante para compreender que poderia se dedicar mais à obra de Deus e usar suas habilidades. Passou, então, a fortalecer ainda mais a ideia de nunca dizer não aos trabalhos solicitados pela Igreja na sua área. Assumiu um ministério a mais, além do seu trabalho.

Henry Avelino deixou de ser o apresentador de um programa para angariar fundos na TV equatoriana e se tornou o rosto mais conhecido das apresentações e reportagens da TV e Rádio Nuevo Tiempo. Tudo de maneira voluntária. Às sextas-feiras, apresenta um programa chamado Tiempo de Alabanza pela Rádio e não mede esforços para gravar chamadas, fazer reportagens e apresentar eventos da Igreja Adventista. Durante campanhas evangelísticas para grande distribuição de livros nas cidades de Quito, Guayaquil e Ambato a presença de Henry Avelino foi importante dentro de uma megacobertura feita por diversos jornalistas adventistas que doaram seu tempo para dar visibilidade à ação missionária da Igreja no país. “Minha vida é diferente quando invisto mais tempo nas coisas de Deus. Em nossa casa, temos uma política de nunca dizer não a um pedido do Senhor”, afirma o jornalista, entusiasmado em poder servir. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja vídeo com a história do acidente de Henry Avelino

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox