Notícias Adventistas

Inicia VII Assembleia Quadrienal da Associação Planalto Central

Por Rafael Brondani 21 de novembro de 2020

Na noite deste sábado (21), às 19h, começou a XII Assembleia Quadrienal da Associação Planalto Central (APlaC). Intitulado “Geração Missionária”, o encontro acontece no Centro Adventista de Treinamento e Recreação de Brasília (Catre). Na Igreja Adventista, o sistema de liderança é o representativo, no qual a autoridade final repousa sobre seus membros, que elegem delegados para representá-los nas assembleias que definem os rumos de cada nível administrativo da denominação. A cada quatro anos é realizada a assembleia geral ordinária das associações locais, que são sedes administrativas regionais da igreja. Entre as atribuições da assembleia que acontece neste final de semana estão a eleição de líderes, a apresentação de relatórios sobre o trabalho dos departamentos e instituições da igreja, o recebimento de novas congregações organizadas na região, a aprovação de alterações no Ato Constitutivo e no Regulamento Interno da Associação e a elaboração de planos para o avanço da missão bíblica de salvação praticada pelos adventistas. O evento será dividido em dois momentos. Na noite deste sábado (21) foi apresentado um relatório dos últimos quatro anos sobre a atuação da Igreja em suas áreas. O relatório é uma prestação de contas aos líderes superiores e aos delegados presentes. Na ocasião também aconteceu um batismo que emocionou o público e marcou o encerramento do primeiro dia do encontro. O segundo momento ocorre no domingo (22), onde acontece a escolha dos líderes que irão gerenciar os principais departamentos e a administração da Igreja nos próximos quatro anos na Associação Planalto Central. O líder dos adventistas para todo o Planalto Central, pastor Max Schuabb, destaca que o último quadrênio foi um período de muitas bençãos. “Se posso resumir esses quatro anos em uma palavra, ela é gratidão. Somos gratos pelo que Deus fez, pela maneira como Ele tem usado a Igreja, os membros voluntários, os pastores, principalmente em 2020. Este foi um dos anos mais desafiadores, mas sentimos a boa mão de Deus conduzindo essa geração da igreja remanescente, essa geração missionária que tanto sonhamos.”

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox