Notícias Adventistas

Histórias missionárias mundiais viram desenho animado

Desenho animado do chamado Informativo Mundial das Missões é uma iniciativa da Associação Geral da Igreja Adventista e conteúdo será dublado para vários idiomas.

4 de março de 2016
Relatos missionários já podiam ser conferidos em vídeos e agora também terão uma versão colorida e animada, que pretende chamar a atenção das novas gerações.

Relatos missionários já podiam ser conferidos em vídeos e agora também terão uma versão colorida e animada, que pretende chamar a atenção das novas gerações.

Silver Spring, EUA … [ASN] No terceiro trimestre de 2016, a Igreja Adventista na América do Sul utilizará mais um recurso para tornar as histórias missionárias mais acessíveis em outros formatos. Segundo informou o pastor Edison Choque, diretor sul-americano da Escola Sabatina e da área de Missão Global, a ideia é que o Informativo Mundial das Missões, material tradicionalmente feito apenas com linguagem para adultos, agora também seja oferecido como uma animação.

Veja também o Informativo Mundial das Missões em vídeo produzido pelo jornalista Daniel Gonçalves:


A decisão de produzir esse material foi oficialmente tomada durante reunião mundial na qual Choque participa, nos Estados Unidos, com outros líderes adventistas na sede mundial da denominação. O Informativo Mundial das Missões é um relato semanal lido ou apresentado em grande parte das congregações adventistas do mundo com narrativas sobre conversões de pessoas em diferentes continentes. O grande objetivo do Informativo é o de demonstrar que o trabalho missionário da Igreja é mundial e que, portanto, as orações e as ofertas dos membros beneficiam não apenas projetos em suas regiões.

Conforme Choque, “o departamento começou a publicar a história missionária em forma de animação para que as crianças e adolescentes também compreendam a importância de se solidarizar com as missões estrangeiras. Essa iniciativa será replicada em todo o planeta e pretendemos publicar esses vídeos, em português e em espanhol, em nosso site da Escola Sabatina a partir da metade do ano”. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox