Notícias Adventistas

Comunicação é ênfase estratégica de adventistas para os próximos cinco anos

Área mudou radicalmente nos últimos anos e Igreja apresentou metas para se adequar e ser relevante nessa nova sociedade.

3 de novembro de 2015
Pastor Marlon Lopes, após a exposição, abriu tempo para que os presentes falassem sobre suas impressões dentro da estratégia comunicacional da Igreja para o quinquênio

Pastor Marlon Lopes, após a exposição, abriu tempo para que os presentes falassem sobre suas impressões dentro da estratégia comunicacional da Igreja para o quinquênio

Brasília, DF … [ASN] Na abertura do Concílio Quinquenal da Igreja Adventista do Sétimo Dia em oito países sul-americanos, na manhã desta terça-feira, 3, foi apresentada uma das primeiras ênfases da organização para os próximos cinco anos. Segundo o pastor Erton Köhler, líder sul-americano na região, as quatro ênfase são: Comunicação, Novas Gerações, Formação Teológica e Dons Espirituais. Durante alguns dias, todos os diretores de departamentos da sede sul-americana adventista estudaram cada um dos pontos e criaram estratégias específicas para as áreas. “Só que esses são direcionamentos especiais que damos, mas sempre em torno do eixo principal com o qual trabalhamos, que é o tripé Comunhão, Relacionamento e Missão”, explica Köhler.

Leia também:

Primeira turma de especialização em comunicação corporativa conclui estudos

No primeiro dia de Concílio, o pastor Rafael Rossi, diretor do departamento de Comunicação para a América do Sul, expôs um panorama da realidade comunicacional mundial e chamou a atenção para alguns conceitos que nasceram com a superexposição à tecnologia digital. Rossi ponderou, por exemplo, que hoje “as pessoas não apenas consomem conteúdo, mas produzem conteúdo. Vivemos o conceito que alguns teóricos chamam de interneticidade”. Um número apresentado por ele ilustra bem esse fato: hoje, 1,49 bilhão de pessoas estão ativas no Facebook diariamente em todo o mundo.

Rossi ressaltou a necessidade de a Igreja Adventista se antecipar diante das novas tecnologias e saber lidar com uma sociedade cada vez mais caracterizada pela impaciência, desejo de rápidas mudanças e dependência da tecnologia digital.

Quando se fala de frequência à Igreja, a tecnologia digital também afeta a forma como as pessoas encaram e veem a própria frequência a cultos. Pesquisas mostradas por Rossi demonstram que jovens da chamada geração Y questionam se devem ou não ir a uma igreja física, já que podem ter acesso ao conteúdo na Internet. “O que me motiva a falar isso para vocês é como nós responderemos a essas pessoas que estão vivendo imersas nesse mundo”, compartilha.

Resposta da Igreja

Diante do quadro, ele explicou que a Comunicação da Igreja Adventista em oito países sul-americanos vai atuar por meio de quatro áreas: comunicação interna, comunicação externa, formação técnica e tendências tecnológicas. Há várias metas para o próximo quinquênio em cada uma dessas áreas.

Na comunicação interna, por exemplo, a ideia é capacitar os diretores de comunicação das congregações adventistas locais e trabalhar para que os próprios líderes e membros ajudem a consolidar a marca da Igreja. Entre as linhas de ação está, por exemplo, a meta de aumentar o contato com adventistas e outras pessoas que são formadores de opinião e que possuem influência para dar visibilidade aos projetos, programas e ações adventistas.

O pastor Jefferson Kern, que também participou do grupo que estabeleceu as metas para a ênfase da Comunicação, salientou que a capacitação técnica deve ser maior nessa área para quem está na linha de frente e precisa compreender princípios básicos para utilizar ferramentas comunicacionais.

Nas metas para comunicação externa estão propostas para que sejam criados produtos comunicacionais, por exemplo, que valorizem o que significa ser adventista junto à sociedade. “Não existe testemunho ou ferramenta mais eficaz do que pessoas que acreditam no que são”, reforça o médico Marcello Niek, outro integrante da equipe que formatou as estratégias dentro da ênfase Comunicação.

O pastor Marlon Lopes, que liderou o grupo de estudos, finalizou a apresentação da ênfase comunicacional e destacou que o objetivo final de todas essas metas é levar pessoas a uma decisão espiritual. Ele citou a história de Milena Souza, do Maranhão, que recentemente foi batizada após contato com a Bíblia na página oficial da Igreja Adventista no Facebook. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja, abaixo, o testemunho de Milena:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox