Notícias Adventistas

Com foco na missão, inovador Campori de Jovens acontece no Amazonas

Mais de 12 mil jovens participaram do acampamento. Mil deles já tem destino garantido em um projeto missionário dentro e fora do Brasil.

Campori de Jovens Adventistas da região Noroeste do Brasil foi realizado no Instituto Adventista Agro-Industrial (IAAI)

Por Tatiane Lopes

A primeira edição do Campori de Jovens, organizado pela Igreja Adventista na região Noroeste do Brasil (União Noroeste Brasileira – UNoB), aconteceu dos dias 29 de maio a 3 de junho no Instituto Adventista Agro-Insdustrial (IAAI), em Rio Preto da Eva, no Amazonas. Com aproximadamente 12 mil pessoas, o evento é o maior acampamento já realizado com jovens adventistas no mundo.  Os participantes fazem parte de uma das 352 Sociedades inscritas que vieram dos Estados de Rondônia, Roraima, Acre e Amazonas.

Missão

Com o tema “Nosso campo é o mundo”, o evento teve o foco totalmente voltado à missão, com incentivo a pregação do evangelho, proporcionando ao participante uma experiência transcultural. “A elaboração das provas, as atividades propostas, tudo foi planejado para levar o jovem a refletir sobre missão”, conta o idealizador do tema e organizador do evento, pastor Lelis Souza. Inclusive, este foi o tema de todos os sermões e palestras do acampamento. Entre os pregadores presentes, os pastores Alejandro Bullón, Ivan Saraiva, Williams Costa Junior, Rafael Rossi, Samuel Neves, também esteve presente o líder de jovens para oito países da América do Sul, Carlos Campitelli e o líder mundial de jovens, Gary Blanchard. Em sua mensagem, o pastor Gary enfatizou a necessidade natural dos jovens em viver perigosamente e convidou cada jovem para que “viva perigosamente para Jesus”, dedicando sua vida a ser um missionário.

Todos os dias aconteceram, simultaneamente, cinco palestras com convidados que são diretamente ligados a projetos missionários. Pastor Giovan Monteiro que passou os últimos 6 anos no Egito; pastor Elbert Kuhn, recém eleito secretário  associado e gerente de projetos e estratégias globais do Serviço Social Voluntário Adventista da Confêrencia Geral; que viveu mais de 10 anos na Mongólia entre outros lugares; pastor Paulo Lopes, diretor da Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais (ADRA); e o pastor Samir Costa, que coordena o Adventist Frontier Missions – AFM Brazil, com sede no Unasp, campus Engenheiro Coelho. Anna Rodat foi a quinta palestrante. Ela é Coach, especialista em resultados, e falou sobre novos ministérios e como atuar, nas missões dentro da comunidade local, além das missões nacionais, internacionais e ribeirinhas. Este tema foi relevante, pois a maioria dos jovens não tem como sair de sua localidade, porém, é possível ser um missionário ali mesmo.

A jovem amazonense, Bruna Vasconcelos de 20 anos, participou de todas as palestras e conta sua impressão. “Esse contato que tivemos com o missionário de verdade foi de extrema importância. Ver o pastor se submeter a um frio de 50 graus abaixo de zero, ter ouvido e visto esse voluntário real, foi fundamental para minha decisão”. Bruna é um dos mil jovens que se inscreveram para serem missionários. Ele sonha em ir para o Chile.

Praças Missionárias

As atividades durante o evento aconteciam em praças preparadas especialmente para levar os jovens a refletir na prática sobre missão, com provas envolvendo os jovens em diversas culturas. Cerca de 60 pessoas trabalharam para a execução destas praças.

Praça das Bandeiras. Aqui foi possível encontrar bandeiras dos 193 países do mundo. O pé do seu mastro continha o número de habitantes do país e o número de adventistas, mostrando assim, a importância da pregação do evangelho.

Praça das Bandeiras com jovens usando a vestimenta típica da Índia

Praça dos Continentes. Este local possibilitou que os jovens estivessem inseridos nos países com suas diversas culturas. Desse modo, eles tinham uma noção real do local, criando uma esfera de respeito diante das peculiaridades de cada país.

Praça dos Continentes

Praça das Religiões. Foi montada, com uma estrutura de tamanho proporcionalmente real, quadrados mostrando a quantidade de pessoas adeptas as religiões mais influentes do mundo. Neste local foi possível perceber o quanto a Igreja Adventista precisa crescer.

Praça Missão 360. Os jovens assistiram um vídeo mostrando a necessidade do trabalho de missionários pelo mundo e, logo em seguida, eles andaram sobre um mapa do mundo, onde mostrava o nome do país e as vagas para ser missionário naquele lugar.

Praça das Estatísticas. Aqui os jovens respondiam perguntas pertinentes ao trabalho prático nas missões, como por exemplo, se ele aceitaria ser missionário no frio extremo ou no calor extremo. Com uma linha subsequente, eles respondiam as perguntas, o que possibilitou um quadro real da postura dos jovens frente ao trabalho missional.

Praça das Estatísticas

Praça dos Ministérios. 20 projetos de ministérios diferenciados foram abordados em realidade virtual com o propósito de incentivar a criação de ministérios relevantes para a comunidade local onde o jovem está inserido.

Inovação

Um palco preparado especialmente para o evento.

O palco quadrado do acampamento foi projetado em 360 graus e cada um dos quatro lados possuíam um telão de led na vertical, transmitindo assim a mensagem de conectividade. Todas as câmeras e telas usadas para a projeção foram adaptadas para a proposta que inovou.

Passaram pelo palco o grupo Vocal Livre, que tem como atual projeto um CD voltado a missões. Na música ainda, se apresentaram os cantores do projeto Adoradores 3, o quarteto Arautos do Rei, Trio Discípulos, Wintley Phipps e David Phelps.

Interação

O evento contou com uma rádio interna com interação entre os jovens. Uma transmissão ao vivo através de live durante as tardes do acampamento, com a TV Online, onde entrevistas com assuntos voltados à missão e músicas eram a base do programa.

Todas as programações do acampamento, tanto das manhãs quanto das noites, foram transmitidas através do Facebook Adventistas Noroeste, onde você ainda pode acompanhar a programação.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox