Notícias Adventistas

Central de Jundiaí inaugura nova igreja

1 de outubro de 2013

91055Em 1939, Maria José Tavares se mudou com seus pais de Rio Claro para Jundiaí. Eis que se depararam com uma triste surpresa: na cidade não haviam Igrejas Adventistas. Passado algum tempo, descobriram uma outra família adventista em um sítio próximo. Então passaram a se reunir para realizarem escolas sabatinas todos os sábados. Mal sabiam que ali nascia a história do adventismo em Jundiaí.

Os anos se passaram, e aos poucos os desafios eram vencidos. Desde campanhas evangelísticas até o número de pessoas crescendo e precisarem de locais maiores para se reunirem.

12323Em 1970, a igreja foi inaugurada e dedicada, e dona Maria José estava presente. Por 43 anos, a igreja teve um local fixo e apropriado para abrigar a comunidade e receber os novos membros que chegavam. Mas, nos últimos anos, o espaço já estava se tornando pequeno pelo crescimento de fiéis. Com isso, viu-se a necessidade de uma nova igreja. Em 2004, foi comprado o terreno e depois de um longo processo, finalmente a nova Igreja Central de Jundiaí foi inaugurada e dedicada no último sábado, dia 28 de setembro. Foi realizado um culto para celebrar esse momento.
37603A programação foi composta de muito louvor com o Coral Jovem, o grupo Conexão Jovem e o grupo Renove, todos da própria igreja. O líder da Igreja Adventista no estado de São Paulo, pastor Domingos Sousa, compartilhou a mensagem espiritual da tarde. Líderes adventistas, visitantes e até mesmo o prefeito da cidade, Pedro Bigardi, estiveram presentes. “Queria parabenizar pelo belíssimo espaço e desejar que as coisas caminhem muito bem. Que as pessoas possam vir aqui e ouvir a Palavra de Deus”, declara o prefeito.

No mesmo dia, o tanque batismal também já foi usado. Duas pessoas entregaram a vida a Jesus e demonstraram isso publicamente neste novo templo.

59830A cerimônia foi finalizada com uma oração de dedicação, realizada pelo líder da Igreja Adventista na região central do estado de São Paulo, pastor Oliveiros Ferreira, com todos os pastores presentes. O local tem capacidade para 600 pessoas e foi feito em forma de concha para se obter um melhor acústico. Nancy Laranjeira, a arquiteta da construção, conta que o projeto nasceu de um presente que ela estava dando para Deus. “Em 2004, Ele salvou meu marido de uma doença muito grave”. E depois de todo anos de trabalho, o resultado foi satisfatório: “Já realizei vários trabalhos, mas esse projeto veio para coroar. Esse foi o que me deu mais prazer”, conta.

Maria José Tavares é sogra de Nancy. E mais uma vez, ela estava presente na inauguração da igreja. Com 84 anos, o sentimento é de gratidão por poder presenciar essa nova conquista. “Meu pai trabalhou intensamente pela primeira igreja. Agora meu filho e minha nora estão fazendo parte desse momento. Somos vitoriosos com a graça de Deus para vermos essa igreja maior”, comemora.
73316Jundiaí é a segunda maior cidade da Igreja Adventista na região central do estado de São Paulo. O processo para a construção de um novo templo foi um pouco demorado, mas finalmente, hoje, é possível ver o resultado. “Acompanhei todos os passos. Desde a busca, compra do terreno, o projeto, e digo que superou a expectativa”, revela o pastor Oliveiros Ferreira. Segundo ele, o local é confortável, aconchegante, bonito e próprio para adorar a Deus.

Um sonho foi realizado, mas o líder da igreja de Jundiaí, pastor João Batista, revela um sonho muito além: “Nós gostaríamos de ver Jesus voltando. Porque nosso desejo não é apenas ficar num templo bonito, mas cumprir a missão que Jesus deixou para nós, que é pregar o evangelho a todo mundo”.

Publicado por Jessica Sanchez de Azevedo Guidolin

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox