Notícias Adventistas

Comunicação

Advogada explica funcionamento da Associação Adventista para Pessoas Públicas

Entidade foi criada para conectar membros da igreja que trabalham junto aos governos e outras instituições públicas ao redor do mundo.


  • Share:
A advogada Damaris Kuo é a diretora de relações públicas da Associação.

A advogada Damaris Kuo é a diretora de relações públicas da Associação.

Brasília, DF… [ASN] Com a participação de 21 representantes de 10 países foi realizada a reunião inaugural da Associação Internacional de Pessoas Públicas da Igreja Adventista do Sétimo Dia. O objetivo macro dessa instituição é conectar membros da igreja que trabalham junto aos governos e outras instituições públicas ao redor do mundo, bem como figuras públicas ligadas a organizações privadas. A iniciativa teve lugar em San Antonio, Texas, EUA, durante a 60ª. Assembleia Mundial da Igreja Adventista.

Leia também:

A Associação será dirigida por Floyd Morris, presidente do Senado jamaicano, e secretariada pelo embaixador das Filipinas nos Estados Unidos, Bienvenido V. Tejano. Ela também contará com uma brasileira na sua liderança. A advogada e presidente da Comissão de Direito e Liberdade Religiosa da OAB-SP, Damaris Dias Moura Kuo, foi escolhida para a função de diretora de relações públicas.

A Agência Adventista Sul-Americana de Notícias conversou com a doutora Damaris, que frequenta a Igreja Central Paulistana, na capital do Estado de São Paulo, para mais informações sobre esta iniciativa da Igreja mundial.

ASN: Por que surgiu a necessidade de criação da Associação Internacional de Pessoas Públicas da Igreja Adventista?
Damaris Kuo: Surgiu da necessidade de relacionamento. Em razão de vivermos em um mundo globalizado, onde as trocas de experiências podem ser essenciais para a busca de soluções, nada mais oportuno do que a formação desta rede de pessoas que servem nos mais variados espaços públicos, em diferentes países, com oportunidades as mais variadas de interagir com os poderes constituídos e com os demais membros da entidade.

ASN: Quais os principais objetivos desta Associação?
Damaris Kuo: Trocas de informações, experiências e busca de soluções para enfrentamento de situações que envolvam os membros e a organização, a exemplo da liberdade religiosa e proteção a outros direitos. Nossa meta é o cumprimento da missão de exaltar Jesus Cristo em todas as suas ações e contribuindo para o desenvolvimento de sociedades justas e equitativas.

ASN: Que tipo de iniciativas serão tomadas por esta Associação?
Damaris Kuo: Aqui estão algumas delas, pois outras surgirão no curso dos trabalhos:
• Criação de unidades regionais que devem alinhar-se com as estruturas organizacionais da Igreja Adventista do Sétimo Dia e, como tal, devem estar em contato regular com as Igrejas locais, a missão, associação, divisão etc.
• Estar fortemente alinhada com a Igreja Adventista do Sétimo Dia e, como tal, seguirá sempre a estrutura legal que está estabelecido no manual da organização.
• Conexão oficial com a Conferência Geral por meio de seu Departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa, para ações de promoção, proteção e defesa de direitos para a Igreja Adventista no mundo, recepcionando casos e apresentando soluções viáveis por meio do relacionamento dos membros da entidade com os poderes públicos constituídos e uns com os outros.
• Criação de diferentes plataformas de mídias sociais, a fim de se manter contato e para dar suporte a todas as unidades em todo o mundo.

ASN: A que órgão da Igreja ela estará diretamente ligada e que tipo de apoio receberá dele?
Damaris Kuo: Estará ligada à Conferência Geral, por meio de seu Departamento de Relações Públicas e Liberdade Religiosa e poderá utilizar a estrutura deste departamento para as suas ações.

ASN: Qual será a sua função e atribuições na Associação Internacional de Pessoas Públicas da Igreja Adventista do Sétimo Dia?
Damaris Kuo: Vou atuar como Diretora de Relações Públicas da entidade. Estarei cuidando da imagem e relação da entidade com instituições e público interno e externo, divulgando os ideais e as boas ações da entidade.
Também poderei atuar no planejamento para atendimento de pessoas e da organização adventista, por meio dos canais que estarão disponíveis e organização de eventos.
O resumo da minha atuação será o binômio comunicação e administração, considerando as necessidades de publicidade, relacionamentos, interação externa, além de planejamento de políticas de comunicação voltadas para a organização e estratégias da entidade, conforme o surgimento das demandas.
Será uma atuação que envolve a interação entre os membros da entidade e a interação da entidade com o meio externo (membros da igreja, organização adventista, governos e demais instituições), podendo atuar em atendimento de pessoas, relacionamentos governamentais, protocolos, eventos, produzir e divulgar por meio de jornais internos ou externos as intenções da entidade, dentre outras necessidade que surgirem.

ASN: Quais as principais dificuldades enfrentadas por profissionais adventistas que atuam ligados a órgãos governamentais?
Damaris Kuo: A principal delas, sem dúvida, continua sendo a liberdade religiosa, com ênfase na guarda do sábado, além da manutenção dos princípios como retidão, integridade, veracidade.

ASN: É mais fácil ou mais difícil abrir portas para a pregação do evangelho quando se está tão próximo do poder?
Damaris Kuo: Não há dúvida que estes homens e mulheres, colocados nestas posições por Deus, e à Sua disposição, poderão exercer uma forte influência em favor de Cristo e de sua Igreja, e não apenas abrirão portas, mas manterão abertas as que já o foram e por este tão importante encargo deverão ser objeto constante das orações da Igreja para que sejam sal e luz.

ASN: É possível fazer um “link” entre estas atividades profissionais e a Igreja?
Damaris Kuo: Claro. A Igreja possui necessidades que precisam da intervenção de pessoas que se encontram nos poderes públicos constituídos e que poderão, por meio da sua influência, solucionar e, mais que isso, dar a conhecer a obra social, salvadora e restauradora que a igreja e suas instituições estão realizando ao redor do mundo.

Contato

Interessados em fazer parte da Associação Internacional de Pessoas Públicas podem entrar em contato com o departamento de Liberdade Religiosa e Assuntos Públicos da sede mundial da igreja por meio do site adventistliberty.org. [Equipe ASN, Márcia Ebinger]

Veja o vídeo abaixo: