Notícias Adventistas

Psicólogo aponta caminhos para superar os principais dramas da vida

Em linguagem simples e direta, livro traz princípios para desenvolver a inteligência emocional para quem quer viver bem consigo mesmo e com as outras pessoas

Por Adriana Seratto 4 de novembro de 2020

Em sua obra, Belisário Marques apresenta os benefícios do autoconhecimento (Foto: Divulgação/CPB)

Viver na era da tecnologia, da informação instantânea e dos relacionamentos superficiais, que geram solidão e angústia, não é uma tarefa fácil. Nesse contexto, o ser humano necessita, cada vez mais, refletir sobre si mesmo, sobre a vida e a morte, bem como gerenciar seus conflitos.

A Bíblia retrata como “feliz” o ser humano “que adquire conhecimento” (Provérbios 3:13). Para a escritora norte-americana Ellen G. White, “conhecimento e ciência têm de ser vitalizados pelo Espírito de Deus, a fim de que sirvam aos propósitos mais nobres” (Mente, Caráter e Personalidade, v. 1, p. 16). Nessa linha de pensamento, o livro A Vida é uma Arte une o conhecimento científico da psicologia ao propósito divino para preencher a necessidade urgente que o ser humano tem de conhecer a si mesmo.

Leia também:

Dividida em sete seções, a obra é um passeio pela experiência humana do nascimento à velhice. Além disso, oferece parâmetros para auxiliar o leitor a se conhecer melhor e desconstruir crenças negativas a respeito de si mesmo que geram medo, frustração e infelicidade. Também discorre sobre a tríade básica por meio da qual o ser humano manifesta seus valores – o amor, o poder e a justiça –, mostrando que o processo conhecido como inteligência emocional pode e deve ser aperfeiçoado para o bem-estar do indivíduo e da sociedade.

Escrito por Belisário Marques, doutor em Psicologia Clínica pela Universidade de Maryland (Estados Unidos) e colaborador da revista Vida e Saúde por mais de 20 anos, o livro proporciona recursos para o leitor se conhecer melhor, ajudando-o a descobrir o valor pessoal, livrar-se da ansiedade, enfrentar a violência, cultivar a confiança, superar a traição, preparar-se para viver a última fase da vida com sabedoria e, acima de tudo, amar e viver feliz, apesar das dificuldades.


Adriana Seratto é revisora de livros na Casa Publicadora Brasileira

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox