Notícias Adventistas

Jovens de Cascavel analisam paralelo entre série sobre zumbis e temas bíblicos

Programa se utiliza de interesses da faixa-etária para atraí-la à Bíblia.

23 de julho de 2015
8C6A3367

Programa utilizou gancho do “apocalipse zumbi” tratado em série de TV americana para se referir à ressurreição dos mortos no fim dos tempos.

Cascavel, PR… [ASN] Os jovens do oeste paranaense tiveram uma noite de sábado diferente, no último dia 19. Pela primeira vez, o Programa Cancela, criado pelo Ministério Jovem do Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp), campus Hortolândia, foi realizado fora dos limites do internato. O pastor e idealizador do programa, Vinícius de Miranda, esteve em Cascavel apresentando o primeiro episódio sobre o conteúdo de uma famosa série de ficção de TV americana chamada The Walking Dead – sobre mortos que têm suas necessidades básicas instintivas reanimadas – como gancho para abordar assuntos que dizem respeito à mortalidade da alma, ressurreição dos mortos no fim dos tempos e outros temas.

O programa surgiu há cerca de três anos através de uma pesquisa realizada por Miranda com 700 alunos do Unasp. Após a pesquisa, o pastor conseguiu traçar o perfil socioeconômico e cultural dos jovens não pertencentes da Igreja Adventista do Sétimo Dia  e constatou que a atividade preferida entre os entrevistados é assistir filmes e seriados. “Ao ver que a maioria gostava de assistir filmes e seriados eu pensei, por que não fazer uma palestra sobre isso e abordar também a parte bíblica?”, constata Miranda.

O líder de jovens adventistas da região oeste paranaense, Aryel de Paula explica que a ideia é utilizar algo que os jovens tenham bastante afinidade, para então, a partir disto, abrir o leque para outros assuntos. “Precisamos encontrar meios para atrair as mentes pós-modernas”, ressalta.

8C6A3327

Evento contou com a presença de mais de 700 pessoas.

O nome do programa “Cancela”, sugere que os compromissos de sábado à noite sejam cancelados para que as pessoas assistam ao evento. A ideia é alcançar indivíduos que não estejam vinculados a nenhuma religião. “Hoje, o grupo religioso que mais cresce chama-se ‘sem igreja’. São aquelas pessoas que gostam de Jesus, de Deus, mas não querem ir à igreja. Por isso, a gente faz uma programação que atrai a atenção delas falando do que elas gostam de ver e assistir”, argumenta o apresentador. Os temas dos programas são estruturados de uma forma em que o espectador aprenderá algo sobre a bíblia.

Ao fim da programação realizada em Cascavel, foram distribuídos cartões, contendo endereço e horário de funcionamento do Espaço Vida e Saúde, centro de influência do município, onde um curso sobre o livro bíblico do Apocalipse será realizado. O estudo começa no dia 26 e segue sempre aos sábados, às 19h. [Equipe ASN, Juliana Muniz]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox