Notícias Adventistas

Passeata alerta população sobre abuso sexual infantil

Cerca de 200 fiéis participam de passeata do Quebrando o Silêncio e alertam população sobre os riscos físicos e psicológicos que a pedofilia pode causar em crianças e adolescentes.

1 de setembro de 2015
11888041_907270632684247_2475305584407212424_n

Desbravadores participam da ação

Colombo, PR… [ASN] O projeto Quebrando o Silêncio chamou a atenção dos moradores da cidade de Colombo, região metropolitana de Curitiba. Cerca de 200 fiéis da Igreja Adventista se uniram para, distribuir revistas e folhetos alertando a população e participando de uma grande passeata em favor de pessoas abusadas.

Leia também: 

Neste ano o material entregue tratou sobre a pedofilia, um assunto polêmico que é muitas vezes esquecido pela sociedade, porém não esquecido por crianças e adolescentes agredidas.

O objetivo do projeto é alertar a população sobre os prejuízos físicos e psicológicos que os agredidos podem sofrer quando o caso não é denunciado e tratado.

A igreja de Alto Maracanã se uniu à outras igrejas para a realização do projeto. O clube de desbravadores, aventureiros e o ministério da mulher não mediu esforços para a que a tarde de sábado fosse de conscientização para a comunidade que se sentiu valorizada pela ação.

11888032_907264756018168_5306932760419502433_nO Moto Clube Adventista abriu a passeata, chamando a atenção de pessoas que passavam pelo centro da cidade, onde recebiam o material e informações sobre a ação. Foram aproximadamente 3000 revistas e folhetos e de acordo com a diretora do ministério da mulher da igreja, Solange Carvalho, a ação foi um sucesso. “Nós já havíamos realizado esse projeto em outros anos e tivemos bons resultados, por isso decidimos realizar outra passeata neste ano” declarou a diretora.

A líder do Ministério da Mulher da Associação Central Paranaense (ACP), Lélia Barros, participou da passeata e afirmou que esse tipo de ação é importante não só porque mobiliza a igreja, mas também para a sociedade. “Esse tipo de ação demostra para comunidade que a igreja adventista se preocupa em tratar assuntos polêmicos como a pedofilia” enfatiza a líder. [Equipe ASN, Raquel Moroz]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox