Notícias Adventistas

Parque abandonado recebe limpeza dos Calebes

Os Calebes da cidade de Itapeva resolveram limpar o parque Mata do Carmo que estava abandonado por quase 3 anos.

21 de julho de 2014
Em menos de uma hora os calebes finalizaram a limpeza no parque

Em menos de uma hora os calebes finalizaram a limpeza no parque do carmo

Itapeva, SP… [ASN] O Parque Mata do Carmo da cidade de Itapeva está de cara limpa por causa da visita dos calebes. Munidos de sacos de lixo, luvas e muita determinação, o mutirão da limpeza em poucas horas retirou todo o lixo. Há quase 3 anos o local está abandonado e, se tornou ponto de uso de drogas à noite e outras atividades ilícitas, que tornou o parque perigoso para os moradores da região.

A limpeza, que foi realizada no domingo dia 20, começou pela entrada do parque com muita coleta de garrafas plásticas e embalagens de alimentos. Até o local da bica estava sem condições de uso. Pequenos córregos e riachos também foram limpos pela equipe dos 26 calebes.

A equipe de limpeza percorreu todas as trilhas do parque para garantir a limpeza completa do local

A equipe de limpeza percorreu todas as trilhas do parque para garantir a limpeza completa

Otto Borges se especializou na pescaria de garrafas plásticas no pequeno lago. Com uma vara improvisada ele conseguia retirar o material. “Aqui tem toda sorte de lixo. Algumas pessoas deixam seus objetos de crença e oferendas. Como filhos de Deus precisamos cuidar da Sua criação mantendo as coisas limpas”.

Para o coordenado do equipe, Messias Freitas, o parque é um lugar aonde as pessoas gostam de vir com a família. “Agora tá tudo limpinho. O pessoal ajudou bastante e a gente precisa cuidar das questões ambientais com os nossos jovens com ações sociais. Isso é muito importante”, diz.

Durante algumas atividades dos calebes o pastor distrital Emerson Iamamoto Madalena, esteve presente. Segundo ele a limpeza do parque foi especial e divertida. Para o pastor as ações dos calebes acrescenta muitas lições na vida de cada um. “Eu creio que eles se tornam mais fortes e mais missionários a partir desses momentos”, afirma. [Equipe ASN, Eber Pola]

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox