Notícias Adventistas

“Mendigo” é bem recebido e surpreende igreja adventista

Suposto morador de rua visitou a igreja de Sapiranga durante Sábado com Ênfase na Hospitalidade.

17 de março de 2015
c1s1

Dornelles é diácono na igreja de Vila Terese em São Leopoldo e viajou 40 km para participar da atividade surpresa em Sapiranga.

Sapiranga, RS… [ASN] Fiéis da igreja central de Sapiranga foram surpreendidos no sábado, dia 14 de março. Após recepcionar um morador de rua, e direcioná-lo para os momentos de culto, descobriram que ele era, na verdade, irmão de uma igreja vizinha. Já estava tudo combinado com a pregadora do dia e seu traje fora escolhido criteriosamente com o propósito de testar o acolhimento da igreja. “Eu estava sujo, descabelado e com roupas rasgadas, e mesmo assim, conheci pessoas que me receberam bem”, relatou o suposto morador de rua, Luís André Dornelles.

O pastor local, Maurício Ticona, fez parte do combinado e observou a reação da igreja. “Pegaram os dados dele logo na entrada, apresentaram-lhe a igreja e o levaram a classe de Escola Sabatina, onde teve um irmão que sentou ao seu lado para mostrar-lhe como usar a bíblia”, conta. “Tivemos um resultado positivo, mas notamos que ainda temos aspectos que precisamos melhorar”, acrescenta.

Demais  igrejas do centro do RS,  também realizaram atividades para o dia da igreja acolhedora.

Demais igrejas do centro do RS, também realizaram atividades para o dia da igreja acolhedora.

A ação fez parte do “Dia da Igreja Acolhedora”, realizado em todo o sul do país. Em todas as regiões, os líderes do Ministério da Recepção fortaleceram a importância da boa recepção, do acolhimento e carinho com que deve ser tratado todos os membros e visitantes. Foram entregues flores, cartões, kits de presente, CDs e DVDs.

Para a líder do Ministério da Mulher no centro do Rio Grande do Sul, Luciana Mattos, é importante que todas as pessoas que cheguem nas igrejas se sintam amadas:“Jesus não deixava as pessoas saírem de sua presença sem antes fazer o melhor por elas. Vemos através dEle, o amor e hospitalidade como base da vida cristã. Temos hoje muitas equipes de recepção treinadas para o acolhimento dos visitantes, mas, o propósito deste projeto, é que cada membro seja um acolhedor e reflita hospitalidade”, relata. [Equipe ASN, Andréia Silva]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox