Notícias Adventistas

Marxismo cultural é debatido em encontro de universitários em Maringá

A partir das palestras, estudantes puderam analisar como a visão marxista afeta a compreensão religiosa e política.

21 de agosto de 2018

Por Gustavo Cidral

Rodrigo Udo falou sobre conceitos e definições do marxismo e sua influência na cultura pop (Fotos: Dinei Avelar e Henrique Mandarino)

“O Jovem Cristão e o Marxismo Cultural” foi o tema do encontro de universitários adventistas do norte do Paraná no dia 18 de agosto, em Maringá. Segundo o organizador do evento, pastor Giliard Ferreira, o objetivo foi analisar teologicamente a ideologia marxista, seus desdobramentos e suas implicações diretas na história, na cultura atual e na religião. “Fiquei muito satisfeito com o resultado, pois recebi muitos feedbacks positivos sobre como as palestras apresentadas abriram a mente e a visão dos jovens sobre o perigo de tentarem harmonizar estas ideologias com a fé cristã”, afirma.

Leia também:

Para o participante Júnior Cavasin, “o tema foi bem apresentado e os debates permitiram boas reflexões. É necessário a busca pelo conhecimento, e o senso crítico para não aceitar qualquer ideia midiática imposta como ideal. Nosso lar não é aqui, mas enquanto aqui vivemos, devemos combater ideias errôneas que nos fazem perder o foco do ideal cristão”.

O programa foi realizado no auditório da Fundação Cultural e Educacional Luzamor e contou com palestras sobre o conceito do marxismo, os desdobramentos do marxismo cultural, a ideia de Deus na história, o conceito de justiça social de acordo com o cristianismo, a relação com o espiritismo e a evolução, ideologia e marxismo na cultura pop.

Publico de 400 pessoas compareceu ao evento

Outra perspectiva

“Nunca tinha visto uma abordagem tão incrível a respeito do marxismo, capitalismo, comunismo, política e religião. Entendi que não temos lugar aqui, o nosso lugar é o Céu e não há sistema político capaz de mudar o mundo, somente Cristo”, defende a jovem Gabriela Zaranotelli.

O time de palestrantes foi formado pelo mestre em História Política Rodrigo Udo, pelo mestre em História Política do Brasil Iuri Gomes Ramos, pelo doutor em Educação Márcio Fraiberg, pelo doutorando em Teologia Bíblica e pastor Isaac Malheiros e pelo pastor mestre em Teologia Ericson Danese. A programação teve ainda momentos musicais com Deise Jacinto.

“Foi uma experiência maravilhosa debater com pessoas capacitadas e influentes no meio acadêmico, e ainda mais quando essas pessoas são da mesma fé que você, sem contar o conhecimento que adquirimos através das palestras que ali foram feitas de forma dinâmica e aberta”, avalia Lucas Bertolucci, um dos 400 presentes.

Universitários adventistas

Fernando Gilson machado considera que “foi uma experiência única poder ver de outro ângulo a história que aprendemos no colégio e na faculdade, e poder enxergar claramente o grande conflito e quem é realmente o nosso inimigo, e sair desse congresso tendo ainda mais a certeza e a confiança que é o nosso Deus que está no controle de tudo!”.

“Ficou bem claro de que todas as ideologias humanas são falhas e limitadas. Por esta razão não somos de direita ou esquerda, somos cristãos, somos do alto, somos do Reino de Deus! O Cristão convicto e autêntico se torna uma luz onde está, Por isso, não devemos ter vergonha do evangelho de Cristo!”, enfatiza o pastor Giliard.

Veja fotos do evento na galeria abaixo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox