Notícias Adventistas

Mais de 400 jovens se reúnem para acampamento em Pelotas

Os participantes realizaram ações sociais, reformaram casas, recolheram lixos da praia, visitaram o asilo e hospital.

Por Emanuele Fonseca 19 de novembro de 2019

Pr. Eduardo Machado

Sair da casa dos pais, conseguir um emprego, tirar carteira de motorista. Há um tempo atrás rituais como esses, marcavam um início da vida adulta. As gerações mudaram e essa marca foi jogada para os 25, depois para os 30 e agora chegou nos 37, segundo uma pesquisa divulgada pelo Datafolha. Mas até quantos anos uma pessoa é considerada jovem?

O termo jovem costuma ser utilizado para designar a pessoa entre 15 e 29 anos. Mas têm gente que não liga muito para a idade, quando o assunto é Campori de Jovens. Campori é um acampamento realizado pelo Ministério Jovem, um departamento da igreja que trabalha pelos seus jovens e através deles.

Nos dias 14 á 17 de novembro aconteceu na cidade de Pelotas o encontro de Jovens da Associação Sul-rio-grandense. Um evento repleto de músicas, mensagens espirituais, dinâmicas e ações sociais.

Sheila Ribeiro, de 40 anos, ouviu falar do acampamento e não deixou a idade a intimidar. Se organizou e decidiu viver essa experiência.

“Eu pensei: Eu tenho 40 anos, o que eu vou fazer lá? Aí, eu chego aqui e encontro esse povo sorridente, os pastores maravilhosos, e muita espiritualidade. Cheguei aqui de um jeito, e vou sair de outro, para honra e glória de Deus”.

O programa teve como tema, LIVRES. As mensagens foram abordadas pelos pastores: Elmar Borges (responsável pelos jovens da União Sul Brasileira), Otacílio Porfírio (diretor dos jovens da Associação Catarinense), Eduardo Machado (diretor de evangelismo da ASR) e Issac Malheiros (atua com os jovens no Internato Adventista do Paraná IAP).

Limpeza da praia do Laranjal

Os participantes puderam sair e colocar em prática o que aprenderam no congresso. Os jovens foram divididos em 5 grupos, cada grupo realizou uma ação social diferente. Uns recolheram lixos na praia do laranjal, outros visitaram o asilo.  Os demais, foram em 2 hospitais cantar para os enfermos e reformaram casas.

“Os jovens ajudaram a reformar casa, trocaram janelas, telhado. É bom esse envolvimento de ajudar o próximo. Para eles o mais importante foi fazer algo, dizer: eu fiz, eu participei. Muitos voltam com o coração cheio”, conta Ingrid Maia, líder jovem.

O acampamento reuniu mais de 400 pessoas e teve a participação especial do Vocal com Verso, dos cantores Riane Junqueira, Marcel Freire e Dilson Castro.

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox