Notícias Adventistas

Líderes de jovens realizam ato de compaixão durante convenção

9 de fevereiro de 2015

Além de entregarem cestas básicas de alimentos os jovens também cantaram e oraram pelos colaboradores do Centro de Convenções

Geralmente o que se vê em uma convenção que reúne líderes é a abordagem de temas e objetivos de forma teórica, mas, e se um desafio fosse lançado e naquele mesmo dia de tantas orientações e anotações na prática algo acontecesse? Aproveitando o contexto dos 110 anos da Igreja Adventista do Sétimo Dia na região, quando 110 ações de compaixão serão realizadas na comunidade, líderes foram desafiados a um ato de compaixão dentro do local onde acontecia a primeira convenção de jovens 2015 – Jovens em Ação Pela Compaixão, no final do mês de janeiro. Foi assim que alguns colaboradores carentes do Centro de Convenções da Bahia foram surpreendidos com a presença de um grupo de líderes em seus setores de trabalho. Os grupos formados apresentaram canções, abraçaram e oraram com os novos amigos, além de deixar com cada pessoa com quem entraram em contato uma cesta básica de alimentos e também uma Bíblia. A reação dos colaboradores foi de surpresa e emoção e gratidão. “Eu nem sei o que dizer, mas quero agradecer, por essa Bíblia, eu não tinha, e agora vou poder ler e lá em casa tem quatro crianças esperando por esses alimentos”, contou a auxiliar de serviços gerais, Luciana do Rosário Amaral. Zelador de um dos andares do local, Eliseu Lima, em sua timidez também declarou: “Estou feliz da vida e agradeço a todos eles por este ato de boa vontade”.

Segundo explicou o líder geral de jovens para a Grande Salvador, pastor Eduardo Ibrahim, a ideia da realização deste ato de compaixão foi incentivar na prática os líderes e que servisse de incentivo para outras ações se tornem uma realidade junto as igrejas que frequentam. “Isso mexe com as pessoas que recebem, mas também mexe com o jovem, e quando se vive a emoção de um gesto assim na prática, fica mais fácil que ele se multiplique”, considera Ibrahim.

Líder na Igreja Central de Itinga, Demerson Gonçalves, comenta: “Foi a primeira vez que fiz isso em um treinamento e o que eles passaram pra gente de incentivo com base na compaixão de repente se torna algo prático, nos colocaram pra agir com compaixão com as pessoas, isso me preencheu, foi demais”, completa.

Durante a convenção também aconteceu a dedicação da jovem Geize Souza, que representará os Estados da Bahia e Sergipe no projeto Um Ano em Missão – Rio 2015. Geize, atuava como coordenadora de jovens na região de Camaçari.

Sobre a missão para qual foi escolhida ela enfatiza: “As expectativas são grandes, além disso, é uma responsabilidade maior ainda, mas isto, deixa o coração em estase e em um misto de sentimentos, mas esse é o legado que Jesus deixou para nós, pregar o evangelho.

O lançamento da Mega Vigília Jovem 2015, foi outro assunto em pauta. O encontro que costuma reunir aproximadamente de 3 mil jovens e que este ano acontece no dia 28 de fevereiro, com inscrições limitadas, abordará o tema O Legado. Mais informações com o Ministério Jovem da Igreja local. [Ionara Wichinheski – Salvador/BA].

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox