Notícias Adventistas

Jovens trocam o Carnaval por retiro espiritual

Acampantes destacam a comunhão com Deus e a união dos jovens adventistas durante os retiros espirituais

14 de fevereiro de 2018

Por Mayra Marques

Além dos momentos com Deus, jovens de Extrema/MG aproveitam o retiro para desenvolver novas amizades

Há muitos anos, crianças, jovens, adultos e idosos da Igreja Adventista do Sétimo Dia participam dos chamados acampamento de verão ou retiro espiritual de carnaval, que neste ano aconteceram de 9 a 14 de fevereiro. Alguns ficam hospedados em barracas, outros, em alojamentos. O importante mesmo é se distanciar das cidades e buscar refúgio em sítios ou outros ambientes que tenham estrutura para um acampamento. Os participantes aproveitam esse período para desenvolver novas amizades, descansar e, como cristãos, aprofundar sua fé através dos cultos que são realizados durante a programação do retiro.

Acampantes aceitam apelo da mensagem do culto realizado em São João Del Rei/MG

A jovem Fernanda Martins já participa há alguns anos de acampamentos de verão. Desta vez, ela se deslocou de Varginha para participar do retiro que foi realizado em São João Del Rei, no sudeste de Minas Gerais. Quando questionada sobre o que achou do evento, ela disse: “Tudo foi muito bom, mas os cultos realizados a cada dia foi o diferencial. Eu gosto dos cultos porque as pregações trazem sempre um tema atual e apelativo, para que possamos refletir e tomar realmente uma decisão de positiva mudança”, comenta Fernanda. “E o legal é que, além de refletir, a gente tem a oportunidade de expor nossa opinião e pregar o evangelho para quem não conhece a verdade ou está afastado dos caminhos de Deus”, complementa.

Ricardo Silva foi um dos organizadores do retiro espiritual realizado em Andradas

Já para o jovem Ricardo Silva, que participou do retiro em Andradas, no sul de Minas, a união dos jovens durante os dias do acampamento foi o que mais chamou a atenção dele. “Como cristão, vejo que o maior benefício que temos ao participar desses retiros é mostrar para os jovens, tanto adventistas quanto não adventistas que também participaram desse evento, que existem coisas melhores do que aquilo que o mundo oferece e que servir a Deus não é ruim ou estranho como eles pensam. Então a união dos jovens adventistas nesse propósito foi o que eu mais admirei no retiro”, considera Silva.

E foi justamente sobre esses assuntos que o pastor Gustavo Marques, que é líder de Jovens no território da zona da mata e do sul de Minas Gerais, disse sobre os acampamentos de verão: “Esse tipo de evento mostra que o Jovem Adventista sabe o que realmente faz sentido e o que traz a verdadeira alegria. Ao invés se destruírem física e emocionalmente, eles decidiram se edificar espiritualmente e estar na companhia de outros jovens que querem o mesmo”, destaca.

De acordo com o pastor Marques, nas regiões sul e zona da mata de Minas foram realizados cerca de 15 acampamentos, totalizando pouco mais de 1,5 mil participantes.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox