Notícias Adventistas

Igreja Adventista na região sudoeste paulista lança novo projeto missionário para mulheres

No registro de membros da APSo são cadastradas 21.046 mulheres. Elas representam 56% em todos território da sudoeste

Por Eber Pola 10 de dezembro de 2020

A cada ano as mulheres são desafiadas a  levarem uma pessoa ao batismo

Foi no ano de 1898 que oficialmente foi organizado pela Igreja Adventista o Ministério da Mulher. A iniciativa aconteceu nos Estados Unido por Sarepta henry. Aqui no Brasil foi no ano de 1995 que o movimento recebeu o status de departamento e também no mundo todo. A atuação das mulheres na igreja tem contribuído de forma significativa no crescimento da igreja e na pregação do Evangelho.

Para o ano de 2021, a líder do Ministério da Mulher, Telma Brenha, idealizou e lançou em novembro o Projeto Mulheres em Missão. A ideia do projeto é que cada mulher coloque a sua fé em ação e assim use seus dons para o serviço cristão. “O novo projeto missionário nasceu no coração de Deus e é totalmente inspirado no amor de Jesus. Queremos que elas sejam mais consagradas, com mais amor próprio, que cuidem bem da família, o amor fraternal e o envolvimento total na missão”, destaca Brenha.

Lançamento no território sudoeste paulista

A líder da AFAM no estado paulista, Sara Lima participando de forma virtual

A líder do Ministério da Mulher e AFAM (Área Feminina da Associação Ministerial), Elane Kefler, fez o lançamento do “Mulheres em Missão” para toda a região sudoeste paulista, de forma on-line no dia 4 de dezembro. O lançamento contou com a participação da Telma Brenha e da líder da AFAM no estado paulista, Sara Lima.

Para Elane, todo o trabalho das mulheres na igreja tem como principal objetivo de abreviar a volta de Jesus. “Estou muito feliz de poder lançar esse novo desafio para as nossas mulheres. Com certeza será um projeto relevante para unificar nosso compromisso com Deus, com o próximo e principalmente com nossa missão de salvar pessoas para Cristo”, diz.

Programa de lançamento do projeto no Distrito de Nova Sorocaba

Vera Lúcia da Silva lidera o grupo de mulheres na cidade de Itaí. Ela acompanhou o programa on-line de lançamento. Ela já atua na igreja há 23 anos. “Eu achei esse projeto inovador e motivador. Vamos colocar em prática aqui e envolver todas as nossas mulheres”, destaca Silva.

A professora Rosa de Oliveira Campos é a coordenadora do Ministério da Mulher no distrito de Nova Sorocaba com 5 igrejas. Ela já replicou esse projeto nas igrejas com uma programação toda especial. “Eu gostei muito pois vamos desenvolver bem a parte espiritual. A ideia é que cada mulher tenha na sua casa um cantinho para estar em comunhão com Deus”, ressalta Campos.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox