Notícias Adventistas

Diagnóstico de colega com câncer mobiliza alunos a criarem movimento social

Estudantes de Colégio Adventista de Cuiabá rasparam a cabeça e doaram lenços ao instituto MT Mamma de Cuiabá.

Por Dayane Nascimento 13 de junho de 2016

IMG_5202

Cerca de 30 pessoas, entre alunos e funcionários do Colégio Adventista do CPA, em Cuiabá, decidiram raspar a cabeça em solidariedade à estudante Yasmin Oliveira que, recentemente, descobriu um linfoma no pulmão. [Fotos: Ítalo Silva]

Cuiabá, MT… [ASN] Empatia era para ser apenas mais um tema a ser trabalhado durante as aulas de redação da professora Franciellen Mendes. Mas a notícia de que Yasmin Oliveira, uma das alunas do terceiro ano do ensino médio, foi diagnosticada com um linfoma no pulmão transformou as palavras em ação e contagiou toda a escola.

Embora seja considerada uma pessoa discreta e que não gosta de chamar atenção, o sorriso de Yasmin tem feito falta pelos corredores do Colégio Adventista do CPA, em Cuiabá. Afastada da rotina escolar devido ao tratamento contra o câncer, ela foi surpreendida semana passada pela informação de que seus colegas decidiram raspar a cabeça como um gesto solidário e de empatia pelo momento delicado que vive. “Nada do que eu falar vai chegar aos pés do que eles fizeram por mim”, disse emocionada.

“Colocar-se no lugar do próximo, experimentar, sentir, mesmo que pouco, o que seu amigo sente são valores tão raros atualmente. Poder viver tudo isso com esses alunos é um privilégio sem fim”, diz a professora Franciellen. “Este é um exemplo de companheirismo, amor, amizade, força e partiu de um aluno que pensou, movimentou e reuniu os alunos. O colégio não podia deixar de abraçar esta causa”, afirma Lucas Tomas, vice-diretor da unidade.

IMG_5148

A iniciativa partiu do estudante Daniel de Oliveira Varanda e contagiou toda a escola.

A iniciativa partiu de Daniel de Oliveira Varanda e contagiou toda a escola. “Não é uma decisão simples. Mas não posso deixa-la sozinha agora, afinal ela sempre esteve comigo quando precisei”, declara Daniel após ser o primeiro a sentar na cadeira do cabeleireiro e puxar uma fila de 30 pessoas, entre funcionários e alunos, que decidiram raspar a cabeça na tarde da última quinta-feira (09). Foi ele também que fez o convite ao cabeleireiro Gil Araujo que prontamente aceitou de forma igualmente solidária. “Creio que Deus me criou para servir ao próximo. Por isso, não vejo necessidade de cobrar para estar aqui. Entendo que, infelizmente, o que a Yasmin está passando agora pode acontecer com qualquer um de nós. Meu pai, por exemplo, teve câncer e se recuperou. Torço para que, da mesma forma, a Yasmin fique bem logo”, deseja Gil.

Emerson Guia Miranda, professor de Física, conta que ficou emocionado ao ver a atitude dos alunos diante da situação da colega e decidiu raspar sua cabeça também. “É muito pequeno o que estamos fazendo, mas foi a melhor maneira que encontramos de homenageá-la e fazer com que sinta nosso carinho e torcida pela sua recuperação”, afirma.

Movimento social

IMG_5578

Representantes do MT Mamma recebe lenços, toucas e mechas de cabelo dos alunos. Arrecadações fazem parte da mobilização em solidariedade à colega Yasmin.

Na sexta-feira (10), representantes do MT Mamma visitaram o colégio e receberam dos alunos doações de cerca de 100 artigos, como toucas, lenços e mechas de cabelos para a confecção de perucas as mais de 200 mulheres que estão em tratamento contra o câncer e são assistidas pela associação através de programas educativos, atendimento psicossocial, orientações jurídicas e capacitação de voluntários.

“É emocionante ver jovens voltados para gestos de fraternidade como esse. Eles demonstraram amar esta colega e o amor é capaz de curar”, diz a voluntária do MT Mamma, Maria Vilaça.

Adriana Catelli Correa também é atualmente voluntária da associação e conta que já tinha visto movimentos como o dos alunos do Colégio Adventista do CPA pela TV ou pela internet, mas ter a oportunidade de presenciar pessoalmente a deixou comovida. “Há alguns anos fui submetido a uma mastectomia radical (retirada total da mamas), então posso afirmar com toda a certeza que para uma pessoa que está passando por um tratamento contra o câncer, atitudes como a desses alunos demonstram parceria. Ações assim aquecem o coração e fazem com o que o organismo reaja”, diz Adriana.

“Ver os alunos tirando da própria cabeça os lenços e toucas para doar ao MT Mamma foi tocante. Ficamos imensamente gratos pela colaboração e por sairmos daqui com o nosso coração cheio de amor. Acredito que esta escola proporciona um ambiente com bons sentimentos e meios para que esses estudantes se desenvolvam não só intelectualmente, mas também de forma humana, social e cristã”, declara a voluntária do MT Mamma, Karize Becker. [Equipe ASN, Dayane Nascimento]

Confira no vídeo abaixo os melhores momentos da ação solidária.

Confira alguns cliques da mobilização dos alunos.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox