Notícias Adventistas

Ciclistas percorrem 700 km para participar de acampamento

Aventura tinha como destino o VIII Campori da União Norte Brasileira, acampamento de desbravadores com mais de 18 mil participantes

11 de novembro de 2016
Eles enfrentaram muitas dificuldades mas servir de incentivo para muitos juvenis fez tudo valer a pena

Eles enfrentaram muitas dificuldades mas servir de incentivo para muitos juvenis fez tudo valer a pena

São Luís, Ma … [ASN] Na madrugada do dia 07 de novembro nove ciclistas partiram de Belém no Pará rumo a São Luís no Maranhão. A aventura tinha destino certo, o VIII Campori de Desbravadores da União Norte Brasileira, acampamento de desbravadores que reúne 18 mil participantes.

Leia mais:

“Desde julho iniciamos os preparativos e treinamentos para essa viagem, e esse é o quinto campori em que fazemos isso, mas para mim esse foi diferente, porque além de ser um trajeto novo, dessa vez meu filho veio também para ser investido em líder, a emoção e motivação é dobrada”, comentou Sérgio Nascimento, coordenador da equipe.

inforgrafico-02Ainda segundo Nascimento, apesar da experiência o trajeto não foi fácil. “Viemos contra o vento, tivemos que aumentar o esforço para chegar a tempo. O pneu também furou algumas vezes, e como a região está muito seca, a nossa água acabou logo e tivemos que pedalar com sede até encontrar um povoado. Foi difícil, mas seguimos firmes e agora a certeza é que já valeu a pena”, contou.

De acordo com o grupo, durante o percurso um dos ciclistas ficou com dores no joelho e precisou voltar, isso desanimou um pouco a equipe, no entanto algumas surpresas boas renovaram as forças gerando motivação nos ciclistas: “Como personalizei minha bicicleta, durante a viagem algumas pessoas reconheciam a logomarca do campori e gritavam: ‘Sigam firme, a gente se vê no campori’. Durante o caminho encontramos Desbravadores que se sentiam inspirados pela nossa determinação”, destacou Nascimento.

O percurso durou três dias seguindo o cronograma de oito horas de pedalada diárias. No caminho teve culto no asfalto, banho de igarapé e muita adrenalina. Durante a abertura do Campori eles foram homenageados e a iniciativa deles inspirou a muitos desbravadores.

Eles enfrentaram muitas dificuldades mas servir de incentivo para muitos juvenis fez tudo valer a pena

Eles enfrentaram muitas dificuldades, mas servir de incentivo para muitos juvenis fez tudo valer a pena

“A gente veio de longe, do Amapá, de avião, por ser longa a viagem foi cansativa, mas quando vi que eles viram de bike logo pensei que meu cansaço não foi nada perto do deles. E ver eles entrando foi muito bom, vi que cada um deu o seu máximo para chegar até aqui. Agora é só curtir!”, ponderou a desbravadora Anny Rebeka Rocha.

A programação do Campori vai até o dia 14 de novembro, com carrossel de atividades, estão inclusos feiras de especialidades, ações missionárias, circuitos e programas espirituais. Acompanhe fotos, notícias e transmissões ao vivo na fanpage oficial dos desbravadores do norte . [Equipe ASN, Alínic Teles e Simone Joe]

 

  • Veja algumas fotos dessa aventura:

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox