Notícias Adventistas

Cadeirante participa da primeira capacitação de 2015 do Ministério da Mulher

9 de fevereiro de 2015

Vitória da Conquista, BA… [ASN] No último sábado, 07 de fevereiro, mais de 210 mulheres da Missão Bahia Sudoeste, participaram da capacitação do Ministério da Mulher (MM). O projeto Videira, da União Leste Brasileira foi apresentado, e desafiou todas as mulheres a serem missionárias juntamente com suas famílias. Dentre tantas histórias representadas em um auditório repleto, a vida de Maria Flávia, chama atenção!

Maria Flávia é lider do Ministério da Mulher em sua igreja há 1 ano.

Maria Flávia é lider do Ministério da Mulher em sua igreja há 1 ano.

Ela é cadeirante há 14 anos e por 3 anos era convidada a liderar o Ministério da Mulher em sua igreja. Relutou 2 anos, mas há 1 ano, disse sim à missão que mudou a sua vida. “Sempre gostei de trabalhar para a igreja. Passei por um sério problema de saúde, por conta de uma complicação na medula óssea, e me tornei cadeirante. O MM fez com que eu me sentisse útil novamente. Descobri o ministério da oração intercessora, esse é o meu dom. Entendi que Deus quer me usar, independente das minhas limitações. Sei que Ele me escolheu para este trabalho, e com o apoio do meu marido, Deus realizará bênçãos em minha casa e em todos os lares das mulheres que nós entrarmos em contato”, declara.

Joelma do Vale incentiva as mulheres a serem relevantes para a sociedade.

Joelma do Vale incentiva as mulheres a serem relevantes para a sociedade.

Segundo Gilza Torres, responsável pelo Ministério da Mulher em todo o sudoeste da Bahia, o intuito do projeto “Videira”, que abrange a ação “Minha Casa na Videira”, é fortalecer as famílias na missão. “O nosso intuito com este projeto é desafiar todas as mulheres, independente de suas limitações, a serem instrumentos de transformação em seus lares e comunidade. Quando a missão é aceita em família, a fé é fortalecida. Enquanto estamos aguardando o retorno de Jesus, desenvolvemos habilidades para apressar a Sua vinda”, diz.

A programação contou com a participação de Joelma do Vale, líder das mulheres da Bahia e Sergipe. No culto pela manhã ela enfatizou sobre a importância das mulheres serem úteis e fazerem a diferença. “Nós mulheres precisamos ser úteis e fazer a diferença por onde passamos. Não adianta sermos vistas como

Líderes de MM e seus materiais para implantação do Projeto "Minha Casa na Videira".

Líderes de MM e seus materiais para implantação do Projeto “Minha Casa na Videira”.

conhecedoras do evangelho se não vivemos a mensagem todo os dias em nosso lar e em nossa comunidade”, declarou.

O líder geral da IASD para os dois estados, pastor Geovani Queiroz, também participou da capacitação pela manhã. Ele falou sobre os três pilares da vida do cristão: comunhão, relacionamento e missão. “A mulher tem um papel de suma importância na comunhão da família. Estes três pilares precisam estar em harmonia para que a sua casa e comunidade sejam uma benção”, revela. [Equipe ASN, Luciana Santana]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox