Notícias Adventistas

Alunos de Escola Sabatina realizam ação em centro terapêutico para dependentes químicos

Iniciativa foi motivada pelo projeto Unidade de Ação, do departamento da Escola Sabatina da AMS

Da Redação

Foram arrecadados cerca de 450 quilos de alimentos para a Comunidade Terapêutica Pedra Fundamental. (Foto: Mayra Marques)

Membros da igreja adventista central de Juiz de Fora realizaram uma ação solidária na Comunidade Terapêutica Pedra Fundamental, uma fundação sem fins lucrativos que oferece tratamento gratuito através de atividades profissionalizantes, apoio psicológico e outros serviços para quem é dependente químico.

A iniciativa da arrecadação de alimentos surgiu da senhora Marta Pacheco, que mobilizou alguns amigos para ajudar a Comunidade que se mantém com recursos inteiramente provenientes de doações de empresas e pessoas físicas. “Durante algum tempo, fiquei pensando o que fazer. Então Deus colocou em minha mente ajudar a Comunidade Pedra Fundamental. Eu lancei a ideia da arrecadação de alimentos para a minha unidade da Escola Sabatina e saí pelo meu bairro, de porta em porta, solicitando a contribuição dos meus vizinhos. E algo que me motivou bastante foi ver meus amigos da Escola Sabatina envolvidos nessa missão”, conta Marta.

Juntas, Marta e sua equipe arrecadaram cerca de 450 quilos de alimentos, que foram doados para a Comunidade em boa hora. “Nosso estoque de arroz, que é um dos principais alimentos da Comunidade, estava chegando ao fim. Então essa iniciativa foi muito positiva, porque chegou na hora certa”, comenta Fabrício Martins, diretor da Comunidade.

Brindes são distribuídos durante a programação realizada na Comunidade

A entrega das doações foi acompanhada de louvor, oração, testemunhos, estudo da Bíblia, confraternização e sorteio de materiais sobre saúde, relacionamento familiar e vida espiritual, assuntos estes que a Comunidade estuda e trabalha com os dependentes químicos.

Adilson Macedo foi um dos voluntários que participou dessa iniciativa. Ele já foi viciado em bebidas alcoólicos, mas há anos libertou-se do vício. Adilson aproveitou a ocasião para levar esperança àqueles que buscam se libertar do álcool e das drogas. “Quando a pessoa se encontra nessa situação, ela precisa de um amparo, uma palavra de conforto e esperança. Mas a real motivação para fazer isto é o amor pelo próximo que Jesus colocou no meu coração e dessa equipe da Escola Sabatina”, pontua Macedo.

Unidade de Ação 

Os voluntários aproveitaram o dia para realizar um culto com os internos

Esse tipo de atividade também é incentivada pelo projeto Unidade de Ação da Escola Sabatina no território da Associação Mineira Sul (AMS) – sede regional da Igreja Adventista para a zona da mata e o sul de Minas Gerais. O propósito desse projeto é motivar a interação entre os membros de uma mesma unidade da Escola Sabatina. “Além disso, ela proporciona um ambiente onde os relacionamentos se desenvolvem e os dons são descobertos”, pontua o pastor Leandro Rodrigues, responsável pelo departamento da Escola Sabatina na AMS. “Ela não é somente importante, mas essencial para o bom funcionamento da Escola Sabatina”, classifica.

A ação ganhou repercussão no programa Revista Novo Tempo, da TV Novo Tempo. Confira na reportagem abaixo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox