Notícias Adventistas

Dona de loja de doces veganos, adventista é eleita personalidade brasileira nos EUA

A empresária Rayanne Bremer evangeliza por meio do trabalho que desenvolve em sua loja de doces veganos.

2 de dezembro de 2015
ray

A empresária está nos EUA há mais de 17 anos, onde casou-se e começou a trabalhar.

Worcester, Massachusetts… [ASN] Com o intuito de valorizar o trabalho dos imigrantes legais no país, a Central do Trabalhador Imigrante Brasileiro nos Estados Unidos (CTIB), consagra todos os anos 30 pessoas que se destacaram entre o grupo brasileiro pelo bom trabalho desenvolvido. O objetivo é expandir a cultura estrangeira no país.

Um dos destaques do ano de 2015 foi a adventista, Rayanne Bremer Sabara Rodrigues, que está entre os 30 selecionados. Ela foi eleita a personalidade do ano em meio aos demais imigrantes devido ao seu talento para fazer doces e sobremesas. Sobretudo, o seu grande diferencial é a preparação de doces veganos, principalmente, o típico brigadeiro, que é muito consumido no Brasil.

A brasileira é promotora de eventos, administradora de um bazar em Worcester – Massachusetts (EUA), proprietária da Glamour Bombonier e desenvolve um dos mais respeitados trabalhos na área de ativismo e eventos na região. Por isso, a comunidade brasileira nos Estados Unidos reconheceu a importância de sua presença na cidade. O evento de premiação aconteceu na última sexta, 27 de novembro.

A exemplo de Rayannne, a CTIB tem o objetivo de representar e coordenar politicamente os trabalhadores brasileiros nos Estados Unidos, essencialmente se tratando de seus direitos trabalhistas, políticos e legais. Além disso, articula a União da Classe Trabalhadora na luta contra o preconceito, discriminação e racismo.

Uma história de superação

A história de Rayanne começou muito antes de seu destaque como uma das 30 brasileiras de mais sucesso no trabalho fora do país. Aos 15 anos de idade, em 1998, a capixaba se mudou para Worcester, junto aos seus pais e irmão.

Em 2012, Rayanne engravidou, mas devido ao alto risco da gestação acabou perdendo o bebê, acarretando- lhe um quadro de depressão profunda. “Eu clamei a Deus que me tirasse da depressão e Ele atendeu meu clamor”, comemora. Para recomeçar, ela decidiu produzir ovos de páscoa trufados e assim ter uma renda extra. “Postei nas redes sociais e o milagre veio. Meu telefone não parou mais de tocar. Mesmo depois que a Páscoa passou, continuei a fazer chocolates e brigadeiros gourmet. Com isso, transformei-me em uma nova pessoa. Descobri que tinha paixão em fazer aqueles doces e com isso a depressão e tristeza sumiram. No entanto, o desejo em continuar trabalhando crescia cada vez mais”, descreve Rayanne. Desde então, ela não parou de fazer ovos de páscoa, além de inovar com a produção de doces veganos.

O destaque entre seus doces é o brigadeiro vegano, que também é recheado com morangos.

O destaque entre seus doces é o brigadeiro vegano, que também é recheado com morangos.

Oportunidades

Certo dia, uma estilista de Nova Iorque experimentou seus doces e levou para um dos produtores da semana do Oscar. Ele gostou dos doces e fez o convite para que a brasileira participasse da premiação do Oscar Week em Beverly Hills. Após o evento, a garota ficou conhecida na mídia americana e também em Hollywood como a segunda Dama do Chocolate.

Além do lucro que obtém com a venda de sua loja, Rayanne também aproveita o trabalho para falar de Jesus. “Em todas as etiquetas e cartões de visitas tem esta mensagem como lema: “trust in the Lord forever (confie sempre no Senhor, em inglês)”, explica. De acordo com ela, seus clientes e a mídia a reconhece de maneira muito especial por ser adventista. [Equipe ASN, Jefferson Braun]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox