Notícias Adventistas

Encontro destaca a importância do professor na condução dos alunos

Coordenadores e professores da Escola Sabatina foram orientados a realizar novas atividades e programações que envolvam os alunos.

8 de março de 2016
Os organizadores preparam uma mesa ornamentada para receber os pães e suco de uva.

Os organizadores preparam uma mesa ornamentada para receber os pães e suco de uva.

Sorocaba, SP… [ASN] Os coordenadores e professores do Ministério da Criança e do Adolescente da região sudoeste paulista participaram de um encontro no dia 28 de fevereiro para reforçar suas habilidades, receber sugestões de programações e aprender novas maneiras de ensinar.

Com o tema “Ama-me? Apascenta Meus Cordeirinhos”, o encontro foi realizado na Universidade Adventista de São Paulo (Unasp), em Hortolândia e reuniu mais de 600 pessoas que aprenderam por meio de treinamentos e 10 oficinas com atividades direcionadas para cada faixa etária das crianças.

Para a professora Joceli Ferreira de Campos, participar do encontro foi uma troca de experiências onde cada professor saiu mais preparado para trabalhar na sua igreja. “É importante a gente trabalhara bem com as crianças, saber como expressar e ensinar de uma forma que elas entendam de uma maneira clara”, contou.

Uma das oficinas tratou especificamente sobre datas especiais. A palestrante Beni dos Santos comentou que transmitir conhecimento para as crianças é importante pelo fato de que elas ficção rápido o aprendizado e os professores precisam fazer isso. “A importância é deles terem uma orientação, de poder pregar o evangelho através do artesanato, do contato com as crianças. Essa é a nossa intenção” explicou.

Foram 10 ofinas com orientaçoes e atividades para envolver as crinaças e os adolescentes.

Foram 10 ofinas com orientaçoes e atividades para envolver as crinaças e os adolescentes.

Os participantes ainda souberam sobre os novos projetos para o ano e também pode levar para sua igreja novas ideias de programações, apresentado pelos próprios idealizadores.

Mateus Lima, 19 anos, foi convidado para ser professor dos adolescentes um dia antes do encontro. Ele comentou que tudo o que aprendeu foi “fundamental” para aceitar o convite. “Foi bom porque me mostrou como eu posso trabalhar com os adolescentes. Foi a resposta para minha decisão”, explicou.

Santa Ceia

Após as oficinas e treinamentos, os participantes participaram juntos da cerimônia do Lava-Pés e da Santa Ceia.

“Terminamos com uma ceia linda. Porque o professor precisa estar em comunhão com Deus, ele precisa amar o bom pastor para que eles possam pastorear as ovelhas do Senhor”, conclui Marta Grudtner, diretora do Ministério da Criança e do Adolescente. [Equipe ASN, Lucas Nascimento]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox