Notícias Adventistas

1.500 jovens participaram do projeto Calebe no mês de janeiro

Eles passaram por 24 cidades e se envolveram em ações sociais, estudos bíblicos e evangelismo público. Levaram mais de 100 pessoas ao batismo.

10 de fevereiro de 2017

No total foram 56 pontos de evangelismo público. Imagem da cidade de Itu

Sorocaba, SP…[ASN] Férias de janeiro, oportunidade para viajar com a família, momentos de lazer e descanso. Mas para um grupo de jovens adventistas é a oportunidade de participar do Projeto Calebe. Um movimento missionário que envolveu cerca de 1.500 jovens, espalhados em 24 cidades do território da Paulista Sudoeste. Uma forma diferente de levar a mensagem da Palavra de Deus.

Instalados em escolas, igrejas, ou residências, o objetivo foi de realizar visitas, dar estudos bíblicos, ações sociais no bairro, desenvolver habilidades missionárias e assim fortalecer a vida espiritual em grupo. Na sua 7ª Edição, o plano foi de investir no evangelismo público.

Por volta das 5 horas da madrugada os Calebes do bairro Aparecidinha, na cidade de Sorocaba, já estavam reunidos no ponto de ônibus oferendo café da manhã para os moradores que despertam muito cedo para ir ao trabalho. Além de um pão fresquinho, um chá quente, uma oração, uma palavra de conforto, motivação e esperança na leitura da passagem bíblica.

No bairro Campolim, Sorocaba, os Calebes realizaram uma ação nos semáforos da cidade

Alessandro da Costa é o responsável pela equipe na Aparecidinha. Ele afirma que valeu apena levantar muito cedo para realizar a ação. “Foi uma benção acordar de madrugada e orar com as pessoas. A oportunidade que tivemos de ouvir as dificuldades das pessoas e trazer uma mensagem de esperança.”

Nas visitas missionárias aconteceram os estudos bíblicos. Kauê Felipe Narciso, participou pela primeira vez do projeto com a equipe da cidade de Itu, no bairro Portal do Éden. Estudando a bíblia com a sua mãe ele foi batizado no encerramento da Missão Calebe. Veja o vídeo da sua história.

Ana Juana Matos, moradora do bairro Itanguá II, em Sorocaba, abriu as portas da sua casa para os Calebes. Ela disse que já conhece a Palavra de Deus, mas que a amizade deles fez com que estudasse novamente a Bíblia. “Eles são muito simpáticos, uma alegria que contagia. Fui até no culto na Igreja Adventista. Fico muito feliz que eles estão atraindo outros jovens, tirando-os das porcarias desta vida e apresentando Deus”, ressalta Matos.

Calebes aceitaram o convite de participarem do projeto “Um Ano em Missão”

Na Igreja Central de Sorocaba, aconteceu o encerramento do projeto com o culto de gratidão. Cerca de 1.500 Calebes estavam presentes. Em grupos, cheios de experiências, histórias de conversão e 28 batismos realizados na ocasião. É a confirmação que o território da Paulista Sudoeste é Terra de Calebes.

O pastor geral da Igreja Adventista da região sudoeste paulista, Aurelino Ferreira, acompanhou de perto as atividades dos Calebe e esteve no encerramento. “O que queremos é impregnar todas as nossas igrejas com o espírito dos Calebes. A tendência agora é que os jovens voltem para suas igrejas e motivem outros jovens para participar. É por isso que a cada ano tem crescido o número de participantes nesta ação jovem missionária.”

Para Domingos Sousa, pastor geral da Igreja Adventista no Estado de São Paulo, que esteve no evento do encerramento, o projeto é como uma luz, um fermento que cresce a cada dia. “Começamos bem pequeno no nosso Estado, evoluímos. Entendemos que o Calebe é a verdadeira missão do evangelho em pregar para as pessoas. É um verdadeiro exército nas ruas salvando pessoas.”[Eber Pola, equipe ASN]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox