Notícias Adventistas

Semana do Criacionismo desperta interesse dos alunos na Escola Adventista de Maringá

Programação realizada pela unidade da Zona 7 apresentou argumentos científicos e exposição de fósseis.

Por Gustavo Cidral 22 de junho de 2021

O Numar-SCB mostrou fósseis para as crianças verem e saberem como eles se acontecem. (Fotos: Divulgação)

A origem da vida foi o tema de uma programação especial realizada nos dias 14 a 18 de junho pela Escola Adventista de Maringá, Unidade Zona 7. O assunto foi abordado pela perspectiva criacionista em estudos interdisciplinares, apresentando semelhanças e diferenças em relação às teorias evolucionistas e o design inteligente. Argumentos científicos e lógicos foram apresentados aos alunos, de acordo com a escola, sem impor crenças religiosas nem omitir a versão evolucionista.

Leia também:

A Semana do Criacionismo levou conhecimento aos estudantes por meio de palestras, aulas interativas, contação de histórias e até uma exposição de fósseis, em que as crianças aprenderam como ocorre o processo de fossilização. A programação impressionou Felipe Soares, aluno do 3º Ano.  O menino chegava em casa contanto detalhes sobre o que aprendeu dos dinossauros, os fósseis, e passava a tarde toda falando sobre o tema. “Este é um assunto pelo qual ele se interessa bastante, e além disto é uma criança curiosa. Vejo que tudo contribuiu. Ele tirou dúvidas, aprendeu, se divertiu e ensinou até nós em casa”, conta a mãe, Juliana Soares. “Acredito que esses temas são atrativos para os alunos e tornam a escola mais atraente. Desperta interesse, curiosidade e vejo que é por este viés que a educação deve partir no momento em que estamos vivendo”, afirma.

Alunos tiveram aulas interativas sobre a origem do universo.

Segundo a diretora da escola, Cleia Pimenta, “foi incrível o aprendizado e envolvimento de todos os alunos. Eles ficaram encantados com a descoberta que fizeram sobre a origem do mundo e dos dinossauros, e o privilégio de vivenciar os fósseis e réplicas do Numar-SCB”. Numar é o Núcleo Maringasense da Sociedade Criacionista Brasileira, que promove o criacionismo e faz parcerias com escolas para levar conhecimento científico aos alunos.

“Fiquei emocionada e encantada com o resultado deste projeto. Um conhecimento que nossos alunos jamais esquecerão. Aprender que Deus é criador e mantenedor da vida”, enfatiza Cleia.

Veja mais fotos da Semana do Criacionismo:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox