Notícias Adventistas

Reportagem fala que adventistas tratam corpo como um templo

Estilo de vida e cuidado da saúde dos adventistas chamou a atenção de importante jornal de Los Angeles.

28 de setembro de 2015
Casal Daniel e Vicki Fontoura foram entrevistados pela reportagem do jornal norte-americano

Casal Daniel e Vicki Fontoura foram entrevistados pela reportagem do jornal norte-americano

Los Angeles, EUA … [ASN] Reportagem do jornal Los Angeles Times destacou o fato de os adventistas da região de Loma Linda, nos Estados Unidos, cuidarem do corpo por conta do conceito de que o corpo é um templo de habitação divina. A matéria jornalística, assinada por Mary Macvean, ressalta que “estudos têm demonstrado que os adventistas do sétimo dia, que têm uma ampla gama de origens étnicas, vivem uma década ou mais do que o restante de nós, o que levou a Loma Linda a ser identificada como um dentre os cinco lugares, chamados de Zonas Azuis, no planeta, e o único nos Estados Unidos”.

Leia também:

Os verdadeiros remédios

A reportagem apresenta histórias de pessoas com longevidade e que vivem na região e comprovam a tese de prevenção de saúde. No texto publicado pelo Los Angeles Times, o sábado é apresentado, também, como um dia de descanso e cria uma conexão com o cuidado da saúde. A Universidade de Loma Linda é destacada como uma referência em pesquisa nessa área. Um dos trechos da matéria afirma que “Loma Linda University, de propriedade e operada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia, colecionou montanhas de dados de milhares de pessoas ao longo de décadas nos Estudos Adventistas de Saúde. Devido à fé não aceitar o tabaco, os participantes do estudo proveram um grupo de controle para estudos sobre o efeito do tabaco, por exemplo. Eles mostraram que um homem adventista de 30 anos tem maior possibilidade de viver mais do que a média dos californianos. No caso das mulheres, a diferença foi de 4.4 anos. As diferenças são maiores para os adventistas vegetarianos”.

No Brasil, está em conclusão uma pesquisa que também faz a relação entre os hábitos saudáveis e uma maior qualidade de vida das pessoas. O público pesquisado são os adventistas que vivem em São Paulo. [Equipe ASN, da redação com reportagem do Los Angeles Times]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox