Notícias Adventistas

Igreja amplia investimento para atender estudantes da Bíblia

Adventistas sul-americanos querem dar maior e melhor atenção a estudantes da Bíblia que chegam até os canais digitais ou convencionais da Igreja e Novo Tempo.

Por Felipe Lemos 11 de novembro de 2018

Preocupação da liderança adventista é com pessoas que virtualmente buscam apoio e orientações bíblicas. (Foto: Shutterstock)

Por mês, mais de 3 milhões de pessoas entram em contato com a Rede Novo Tempo de Comunicação pelo site em busca de conhecimento bíblico. São pessoas de diferentes idades e religiões que desejam aprender mais sobre a visão bíblica de Deus. Tornam-se, assim, estudantes da Bíblia. Somente neste ano, mais de 58 mil pessoas foram atendidas pela equipe da sede sul-americana da Igreja Adventista (evangelistas digitais) e que chegaram até seus canais por redes sociais, WhatsApp e sites.

Para atender melhor este grupo, a denominação pensa em uma estrutura mais eficiente para atendimento a estas pessoas. Pelo menos quatro frentes foram destacadas no sábado à tarde, 10, durante o Concílio Anual da Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Leia também:

Nas redes sociais

Uma das ações está relacionada ao atendimento digital das pessoas que entram em contato com a Igreja em suas diferentes redes sociais (Twitter, Facebook, Youtube, Instagram e outros). O pastor Rafael Rossi, diretor sul-americano adventista de Comunicação, explicou que esta modalidade consiste em atender pessoas que expressam interesse e possuem acesso aos materiais digitais. Ele calcula que mais de 15 milhões de seguidores consumam conteúdos nas redes sociais da Igreja (o que não inclui os canais digitais da Novo Tempo).

Exatamente nesse ambiente digital, as pessoas são ouvidas em suas necessidades e recebem atenção individualizada. Como apoio de sistemas automatizados, também são atualizadas constantemente com conteúdos para seu crescimento espiritual. E, obviamente, dialogam com instrutores no ambiente virtual, inclusive pastores que vivem próximos destas pessoas. “Quando abrimos o diálogo, as pessoas vêm”, destaca Rossi.

Esquema que mostra como as pessoas, nos meios digitais da igreja, são atendidas. Foto: Reprodução

Coordenadores regionais

Outra novidade apresentada foi o investimento financeiro para que sejam nomeados, em 16 campos (regiões administrativas adventistas responsáveis por Estados ou regiões menores), coordenadores que atenderão pessoas interessadas em estudos bíblicos. Este grupo, formado por pastores, especificamente, gerenciará o trabalho relacionado ao atendimento de quem busca contato com a Novo Tempo por influência de programas de rádio, TV ou conteúdos web.

O pastor Lucas Alves, da Associação Ministerial da sede sul-americana adventista, ressalta que o perfil desejado para esses pastores é o daqueles com conhecimento tecnológico e capazes de fazer um mapeamento dos alunos da Escola Bíblica da Novo Tempo. A ideia é que eles criem uma maior proximidade destes alunos com as congregações locais.

Escola Bíblia da Novo Tempo

Já o pastor Arilton de Oliveira, gerente da Escola Bíblica da Novo Tempo, esclarece que, para 2019, o ambiente de atendimento dos interessados em estudos da Bíblia será ampliado.

No caso da Novo Tempo, as pessoas que acessam os conteúdos da emissora (TV, rádio e web) são direcionados até a plataforma bíblia.com.br, onde, então, conseguem ver um conteúdo ampliado para ajudar em seus estudos. No próximo ano, a ideia, segundo Oliveira, é aumentar a interação deste grupo com pastores, intercessores, instrutores e estudantes de Teologia.

Atendimento no templo local

Para o pastor Everon Donato, diretor de Ministério Pessoal da sede sul-americana adventista, não se deve perder de vista, no entanto, o atendimento de qualidade nas congregações locais. Ele fala especialmente das pessoas que buscam um templo adventista depois que veem conteúdo na web ou consomem programas na rádio, TV e web da Rede Novo Tempo. Destacou aspectos relacionados à atenção de equipes de recepção, fachadas de templos, entre outros aspectos.

O pastor Erton Köhler, líder sul-americano adventista, pediu, ao final das exposições aos delegados do Concílio Anual, empenho e dedicação para tornar este tipo de atendimento mais eficiente. A eficiência, segundo Köhler, está em fazer com que as pessoas se sintam bem, que são ouvidas e querem continuar conhecendo mais a Palavra de Deus na Igreja Adventista.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox