Notícias Adventistas

Entender a natureza de Deus é fundamental para relacionamento com Ele

Teólogo, com livros publicados sobre o tema, explica mais sobre a natureza de Deus e a relação disso com o nosso desenvolvimento como cristãos.

Por Felipe Lemos 26 de novembro de 2019

Entender a natureza de Deus é fundamental para o tipo de relacionamento que temos com Ele de várias maneiras, diz teólogo. (Foto: Shutterstock)

A natureza de Deus é um assunto presente na Bíblia, e muito interessante para ser compreendido. Ainda que nem todas as respostas sejam possíveis para um tema que guarda uma certa complexidade. Para compreensão de alguns pontos, a Agência Adventista Sul-Americana de Notícias (ASN) conversou com John Peckam, professor de Teologia e Filosofia Cristã no Seminário Teológico da Universidade Andrews, nos Estados Unidos. Peckam é autor de vários livros, sendo o mais recente intitulado Theodicy of Love: Cosmic Conflict and the Problem of Evil.

Leia também:

O que a Bíblia realmente explica em termos da natureza de Deus, especialmente o mistério da trindade? O que necessitamos entender sobre isso?

Embora a palavra trindade não esteja na Bíblia, o conceito de trindade é um ensinamento bíblico. A doutrina bíblica básica da Trindade ensina que há um único Deus em três pessoas distintas (totalmente) divinas. As Escrituras ensinam isso ao afirmar que: (1) há somente um Deus (João 5:44), (2) o Pai, o Filho e o Espírito Santo são Deus (João 1:1-3; Atos 5:3-4), e (3) o Pai, o Filho e o Espírito são pessoas distintas (significando que eles têm autoconsciência, razão e vontade distintas, (Mateus 12:32; 26:39; João 15:26). Não há contradição em afirmar que Deus é um e que Deus é três, desde que afirmemos que Deus é um em sentido diferente do que Deus é três; um Deus que é três pessoas.

Presciência divina

Biblicamente, o que significa a presciência divina? Como o conhecimento antecipado de Deus afeta Seu relacionamento com Suas criaturas?

As Escrituras ensinam que Deus tem conhecimento exaustivo e definitivo de todos os eventos futuros. Elas afirmam isso, tanto pela forma de declarações diretas como pelo ensino, de que Deus sabe “o fim desde o princípio” (Isaías 46:10). E, também, pelos exemplos em que Deus conhece o futuro de uma forma que requer conhecimento das decisões voluntárias futuras das criaturas (por exemplo, a profecia de Daniel 2, 7, 8-9 bem como casos como os da narrativa de José, da negação de Pedro, da traição de Judas, e outros). No entanto, a presciência de Deus é compatível com o livre arbítrio dos seres humanos, de modo que nosso relacionamento com Deus é tão livre quanto seria se Deus não conhecesse o futuro. Certamente, porque Deus conhece o futuro, Ele sempre sabe o que é melhor e pode garantir que Suas promessas serão cumpridas, embora respeite a liberdade do ser humano.

E a predestinação? Há pessoas que têm dificuldade para entender isso, mas é importante esclarecer biblicamente esse conceito, porque ele difere de outros entendimentos no mundo religioso.

Nas Escrituras, a palavra frequentemente traduzida como predestinação não transmite por si só que Deus determina casualmente a história. Antes, o termo transmite a ideia de decisão antecipada. Naturalmente, pode-se decidir algo, com antecedência, unilateralmente. Ou é possível decidir algo antecipadamente de uma maneira que leve em consideração as decisões livres dos outros. Entendo que as Escrituras ensinam que Deus age da última maneira. Em Romanos 8:29-30, e em outros lugares, o termo traduzido como predestinação parece se referir ao que Deus planeja para o futuro depois de considerar o que Deus sabe antecipadamente a respeito das decisões livres das criaturas. Assim, Deus pode, providencialmente, conduzir a história a Seus bons desfechos para todos, embora respeite o tipo de liberdade do ser humano que é requerido para o verdadeiro relacionamento de amor.

Você acredita que parece haver uma compreensão não bíblica do caráter e da natureza de quem Deus é e de quem Ele representa para Suas criaturas hoje? A compreensão de quem Deus é afeta o tipo de relacionamento que temos com Ele?

Entender a natureza de Deus é fundamental para o tipo de relacionamento que temos com Ele de várias maneiras. Deus é amor, e eu acredito que, quanto mais soubermos como realmente é Deus, mais O amaremos. E, também, desejaremos amar os outros, que, indiretamente, é amar a Deus, porque Deus ama todas as pessoas. O Deus da Bíblia faz tudo o que pode sem comprometer Seu caráter de amor para ter relacionamento de amor com cada pessoa; e quanto mais eu aprendo sobre isso, mais sou levado a adorá-Lo e servi-Lo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox