Notícias Adventistas

Atividades promovidas por internato paranaense incentivam espírito missionário de estudantes

No Instituto Adventista Paranaense (IAP), jovens são motivados a usar os dons e talentos para influenciar outros de maneira positiva.

10 de dezembro de 2015
Alunas decidem se batizar juntas

Por influência e bom exemplo uma das outras Isabelli, Elys e Amanda (da esquerda para direta) decidiram entregar suas vidas a Jesus

Ivatuba, PR… [ASN] Quando Isabelli Marie de Cerjat Duarte aceitou morar em um internato de natureza confessional, não poderia imaginar que sua vida mudaria significativamente Ao chegar no Instituto Adventista Paranaense (IAP), mesmo diante das regras previamente apresentadas, Marie não estava disposta a mudar seus hábitos e estilo de vida. Além disso, seus valores conflitavam com os princípios apresentados nos cultos e em programações da Igreja.

Mesmo assim, as atividades em torno de ministérios “silenciosos” transpassaram a barreira construída pela adolescente. Foi em um acampamento do coral Canto Jovem que a estudante percebeu a necessidade de mudança. “Ela respondeu positivamente a todos os apelos. A Isabelli me disse ainda que foi neste acampamento que tomou, pela primeira vez, a decisão de ser batizada”, conta o pastor Giliard Ferreira, responsável pela igreja do internato, ao descrever a luta vivida por Isabelli.

A decisão

Após desistir diversas vezes da decisão, mas ainda frequentar uma base do projeto Geração 148 junto a 150 jovens que estudam a Bíblia e interagem entre si, experiências espirituais, Marie resolve iniciar o estudo da Bíblia em uma classe bíblica liderada por universitários. Eles são atuantes do projeto intitulado Jovens Instrutores Missionários (Jim). Para não ir sozinha, convidou a amiga, Elys Laysse Santos Duarte, que, para a sua surpresa, selou a decisão sobre ser batizada ao final de um dos encontros. Encorajada pela amiga, Isabelli finalmente decidiu colocar Jesus no centro da vida.

Se a história terminasse aqui, já se caracterizaria como exemplo da influência exercida por boas amizades conquistadas no internato. Entretanto, as coisas não pararam por aí. Ao observar mudanças de comportamento da colega de classe, Amanda Pedritta Castro Moreira, que também assistiu às classes bíblicas, sentiu um forte desejo de se batizar. No último sábado de novembro (28), as três moças foram batizadas na igreja do IAP, parte de uma sequência de finais de semana com cerimônias desta natureza que começaram no início do mês, até o primeiro fim de semana de dezembro.

As ações que geram este tipo de resultado são fruto de um trabalho entre o setor de capelania do internato, somado à motivação, ao direcionamento, ao treinamento e à estudantes que possuem espírito missionário no campus.

Cada um Salvando um

Alunos se envolvem em ministérios e salvam vidas

Para Mateus Faustino e Mateus Magon, a decisão do batismo foi resultado da participação de Classes Bíblicas lideradas por outros alunos

Em 2015, mais de 30 alunos do internato localizado no Paraná decidiram ser batizados e, deste número total, 25 são alunos internos, que representam os três segmentos atendidos pela instituição – Ensino Fundamental, Médio e Universitário. Essas decisões foram resultado de iniciativas missionárias executadas por alunos já batizados. Ainda sobre este assunto, o pastor da igreja do IAP revela um dado interessante: cerca de 25% dos alunos que vivem sob o regime da instituição e não são adventistas foram batizados (1 a cada 4). “Isso é maravilhoso porque este é o resultado da entrega voluntária de jovens ao ministério de salvar outros jovens, por influência da amizade e pelo uso de seus dons. Muitos tomaram essa decisão no último ano que estudaram no IAP e vão levar consigo os frutos plantados e cultivados no internato. A Amanda, por exemplo decidiu trocar o descanso das férias para evangelizar pessoas na colportagem”, reforça o distrital.

Entre os ministérios de discipulado exercidos por alunos, há outros, além do Geração 148 e das classes bíblicas: a ação missionária e o grupo de artes cênicas também auxiliam estudantes a compreenderem seu papel na missão de difundir o evangelho. [Equipe ASN, Carolina Félix]

 

 

 

 

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox