Notícias Adventistas

Artigo esclarece sobre papiro que fala que Jesus era casado

Material analisado sobre Jesus é autêntico, mas artigo questiona validade das afirmações.

Autenticidade do papiro foi atestada por várias universidades norte-americanas

Autenticidade do papiro foi atestada por várias universidades norte-americanas

Brasília, DF … [ASN] Três equipes de cientistas de Harvard, de Columbia e do MIT (Massachussetts Institute of Technology), todas nos Estados Unidos, concluíram que um antigo papiro que diz que Jesus era casado não é uma falsificação. O chamado Evangelho da Esposa de Jesus foi escrito na língua copta, idioma extinto no século XVII e foi descoberto em 2012. Ele contém a frase “Jesus disse-lhes: ‘Minha esposa …’”, e também uma referência a uma discípula mulher: ela poderá ser minha discípula.

O colunista de Ciência e Religião do portal adventistas.org, o jornalista e mestre em Teologia, Michelson Borges, publicou nessa segunda-feira, 31, um artigo em que comenta o assunto. Conforme Borges, “falsificação ou não, nunca é demais relembrar que todos os textos que insinuam algum tipo de relação mais íntima entre Maria Madalena e Jesus são bem mais recentes que os evangelhos oficiais, tendo sido escritos por pessoas que queriam justamente desafiar as visões mais ortodoxas do cristianismo, como é o caso dos gnósticos, a maioria dos quais vivia na cidade de Alexandria, no Egito”.

O artigo completo pode ser lido aqui. [Equipe ASN, da redação]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox