Notícias Adventistas

ASA

Igrejas no Sudeste arrecadam 739 toneladas de alimentos para Mutirão de Natal

Voluntários adventistas do RJ, ES e MG se engajaram no projeto e ajudaram mais de 45 mil famílias carentes


  • Compartilhar:
Voluntários da Ação Solidária Adventista em Uberlândia. (Foto: Romina Castro)

O número de famílias em situação de extrema pobreza inscritas no CadÚnico cresceu 11,8% em 2022. Até fevereiro desde ano, 17,5 milhões de famílias viviam com renda per capita mensal de até R$ 105 no Brasil. Aluguel, comida, gás, energia, água, remédios...a lista é extensa! Como viver ganhando tão pouco?

Na casa da Franciele, a pergunta ainda não tem resposta e a luta é diária. Ela, o marido e os sete filhos vivem em quatro cômodos e um banheiro, em Montes Claros, norte de Minas Gerais. A renda vem do serviço de pedreiro do marido e das ajudas que recebe da Igreja Adventista da região. “As cestas básicas chegaram na hora certa, pois minha dispensa estava vazia”, disse a dona de casa após receber doações do projeto Mutirão de Natal.

Franciele com um dos filhos no colo, recebendo voluntários adventistas. (Foto: Samuel Nunes)

Além de alimentos, a família de Franciele recebeu roupas e brinquedos para as crianças. Outras doações estão à caminho e chegam da mobilização dos membros da Igreja Adventista Comunidade Morada. Em menos de 20 dias, foram 150 cestas básicas arrecadadas e eles também organizaram um almoço de Natal para pessoas em situação de rua.

A solidariedade do norte de Minas se somou a tantas outras por todo o estado, assim como no Rio de Janeiro e Espírito Santo. No total, no território da União Sudeste, foram mais de 739 toneladas de alimentos arrecadadas, o que ajudou a mais de 45 mil famílias através do Mutirão de Natal.

Segundo o líder da Ação Solidária Adventista na União Sudeste, pastor Marcos Santiago, em 2021 foram arrecadadas cerca de 283 toneladas, número que praticamente triplicou em 2022.

"O Mutirão de Natal não é apenas uma atividade na agenda da Igreja, mas um chamado para nos envolvermos com a missão de Deus! Não doamos apenas alimentos, mas abraços, sorrisos e audição. Não é apenas sobre a necessidade dos outros, mas sobre o quanto somos gratos", disse Santiago.

Festa na cidade

Só na cidade de Uberlândia (MG), foram arrecadadas 21 toneladas de alimentos, o que resultou na montagem de 1.300 cestas básicas, que beneficiaram mais de 1 mil famílias e três instituições da região. Representantes do poder público também se uniram e doaram cerca de R$ 240 mil para o projeto, valor destinado à compra de dois veículos que auxiliarão na arrecadação e doação de itens para famílias carentes durante todo o ano.

Voluntários adventistas em festa do Mutirão de Natal de Uberlândia. (Foto:Romina Castro)

Mais de 500 pessoas se reuniram para participar do encerramento do projeto Mutirão de Natal em Uberlândia, que foi uma parceria entre a Ação Solidária Adventista (ASA) e a ADRA. No local, foi realizada uma homenagem a cada instituição e igreja que se envolveu utilizando diferentes estratégias como porta em porta, supermercados e comércios, em busca dos alimentos. Além das cestas básicas, as famílias também saíram da festa com kits de shampoo, condicionador e máscara de hidratação doados pela empresa Unilever. Veja vídeo deste momento.

Décadas de solidariedade

A Igreja Adventista de Botafogo (RJ) comemorou 29 anos do Mutirão de Natal em 2022. O fechamento do projeto foi um presente: cerca de 60 toneladas de alimentos arrecadadas.

Mutirão de Natal na Igreja Adventista de Botafogo. (Foto: Arquivo Pessoal)

“Quando recebemos o chamado para trabalhar com o projeto, não dá mais vontade de parar. A gente sente que o mais beneficiado somos nós mesmos. 2022 nem terminou ainda e já estamos fazendo planos de ações para o próximo ano!”, afirma Daniel Godoi, que atua em parceria com André Guimarães, líder de Assistência Social Adventista da igreja de Botafogo.

Neste ano, a igreja também trabalhou para melhorar a qualidade de vida de pessoas através de reformas e reestruturações de imóveis. Ao todo, 21 igrejas e seis residências foram contempladas com estas ações.

Vítimas das enchentes

Voluntários adventistas de Vitória no Mutirão de Natal. (Foto: Arquivo Pessoal)

No Espírito Santo, algumas igrejas destinaram as doações do Mutirão de Natal para vítimas das chuvas que atingem o estado neste fim de ano. Voluntários em Nova Venécia, norte capixaba, agiram rapidamente após as inundações que atingiram a cidade. A igreja está mobilizada desde o dia 25 de novembro tanto para receber doações como para auxiliar na distribuição. O templo adventista de Bento Ferreira, em Vitória, arrecadou R$ 19 mil para efetuar a compra de itens de primeira necessidade às mais de 80 famílias desabrigadas na região. Adventistas de Ecoporanga doaram 1 tonelada de alimentos, em uma manhã de sábado, 26 de novembro. À tarde, eles entregaram os mantimentos acompanhado de orações e serenata.

Imprensa destaca ações

No Rio de Janeiro, o jornal O Globo publicou matéria sobre o Mutirão de Natal da igreja de Botafogo e projeto social realizado por adventistas na Rocinha. Já no Espírito Santo, o jornal A Tribuna (maior circulação do estado) publicou matéria com as ações e pontos de arrecadação de alimentos.

Matéria no O Globo e no jornal A Tribuna. (Foto: Montagem Internet)

Em Minas Gerais, a InterTV Grande Minas (afiliada da Globo), veiculou nota sobre a Cantata de Natal solidária da Igreja Adventista Comunidade Morada. Veja: