Notícias Adventistas

ASA

300 famílias recebem cestas básicas para o Natal no leste de Minas

Iniciativa contou com apoio de supermercados e membros voluntários.


  • Compartilhar:
Interessados em doar podem procurar igrejas, escolas, clínicas e hospitais adventistas. Foto: Ana Lara Coelho e Iusk Cabral) 

Em Nanuque, no interior de Minas Gerais, 300 famílias em situação de vulnerabilidade foram visitadas em seus lares e convidadas a participar de uma cerimônia para entrega de cestas básicas. A iniciativa partiu da campanha Mutirão de Natal, que desde 1994 estimula ações de solidariedade. 

Uma das estratégias utilizadas pela igreja adventista central de Nanuque foi a de convidar os membros a se voluntariarem e arrecadarem os alimentos na entrada dos supermercados. Em dois meses, eles conseguiram mais de três toneladas de alimentos. Além de distribuírem "o pão material, [as famílias] também receberam o pão espiritual", enfatiza Mafalda Cerqueira, coordenadora local da Ação Solidária Adventista (ASA).

Leia também:

O pastor Rayssan Cruz ressalta que a campanha traz diversos benefícios para os membros e comunidade. "Um projeto como o Mutirão de Natal fortalece a unidade, além de ajudar os mais necessitados", aponta Cruz. Diante disto, a população passa a enxergar a igreja como um ponto de apoio.  

As famílias que receberam as cestas foram cadastradas para serem acompanhadas mais de perto pela igreja. (Foto: Ana Lara Coelho e Iusk Cabral)

Campanha pela solidariedade

A campanha nasceu em 1994 e hoje oito países sul-americanos estão envolvidos. Incialmente, o foco se resumia na arrecadação de alimentos, roupas, brinquedos, produtos de higiene e outros itens para serem doados. A partir de 2016, as igrejas têm sido encorajadas a abrirem o leque opções de ações sociais.  

Reforma de casas, doação de sangue e medula óssea, prestação de atendimentos de saúde, visitas a asilos e orfanatos estão entre atividades a serem realizadas. A campanha também tem investido em oferecer soluções mais duradouras aos beneficiados, como aulas gratuitas de alfabetização e cursos para geração renda. Até mesmo encaminhado as crianças para uma escola e indicando trabalho para desempregados.  

Dentro de cada cesta havia um exemplar do livro A Grande Esperança (Foto: Ana Lara Coelho e Iusk Cabral)  

Como participar

Qualquer pessoa pode contribuir com doações. Os pontos de coleta são igrejas, escolas, clínicas e hospitais adventistas, além de estabelecimentos comerciais parceiros, identificados com o símbolo do projeto. Também é possível se envolver nos grupos e iniciativas de assistência, formados nas igrejas. Os endereços estão no site encontreumaigreja.com.br. Já no site oficial do Mutirão de Natal constam todas as informações a respeito do projeto, bem como materiais e dicas para a sua realização.