Notícias Adventistas

Voluntários se unem para ajudar moradores de rua em Goiânia

Duas ações sociais foram realizadas na capital em diferentes pontos da cidade

Por Maycon Santos 20 de maio de 2021

A Igreja Adventista no mundo se mobiliza para contribuir com os mais necessitados. No último final de semana duas equipes de voluntários se dedicaram para ir às ruas da capital de Goiás, para ajudar as pessoas que vivem na rua.

Projeto: Todos por 1

Grupo entrega lanche para moradores de rua, na região da 44, em Goiânia. (Foto: arquivo pessoal)

Participantes do Clube de Desbravadores e do Ministério Jovem da Igreja Adventista do Setor Urias Magalhães realizaram na noite do último sábado, (15), a entrega de um kit lanche, para os moradores de rua, na Avenida Independência, na região da 44.

A ideia surgiu para animar a juventude local e colocar em prática o amor de Deus com o próximo.

Conforme explica Isabella Queiroz, organizadora do projeto, o objetivo é alcançar todas as pessoas para Deus, com uma ação simples, “assim teremos a oportunidade de pregar através de exemplos práticos para despertar nas pessoas o desejo de conhecer Jesus”, enfatiza.

Essa foi a 5ª vez que a ação foi realizada na região, sempre motivados a levar compaixão, amor e esperança. “Temos a certeza que Deus irá voltar, e temos a missão de falar dele para todos os grupos, sem excluir ninguém”, acrescenta Isabella.

Projeto:  Ação Social Jovem – Juntos Somos

Adolescentes participam de ato solidário em Goiânia. (Foto: arquivo pessoal)

Uma frente fria que avançou pelo Brasil e trouxe uma massa de ar frio de origem polar especial, conseguiu entrar também em áreas da Região Centro-Oeste. Em Goiânia o friozinho permanece nas primeiras horas do dia e à noite. Com o objetivo de aquecer as pessoas que vivem em situação de rua, voluntários distribuíram cobertores e blusas de frio no Setor Campinas e na região central de Goiânia.

Os participantes do projeto são jovens e adolescentes da Igreja Adventista do Setor Pedro Ludovico. Além das roupas, eles disponibilizaram sapatos, máscaras, água, kits de higiene pessoal, livros do impacto esperança e marmitas. A ação foi realizada no último final de semana.

Cerca de 15 pessoas se envolveram na atividade, inspirados no verso da Bíblia, relatado em Matheus 25:35. “Porque tive fome, e destes-me de comer; tive sede, e destes-me de beber; era estrangeiro, e hospedastes-me; Estava nu, e vestistes-me; adoeci, e visitastes-me; estive na prisão, e foste me ver.”

Uma das organizadoras da ação, Brenda Brandão, explica os motivos que levaram o grupo a colocar em prática essa ação voluntária: como a situação da pandemia, do desemprego e fatores de vulnerabilidade social.

Brenda relata ainda que por trás de cada pessoa que vive na rua existe uma história e que eles precisam de amor, cuidado, amparo, empatia e esperança.

“Muitos estão na rua por algum motivo e acabaram se envolvendo com bebidas e drogas. Quando estávamos lá um jovem nos procurou pedindo ajuda, porque queria sair dessa vida, queria ir para uma clínica de tratamento para vencer o vício, e esse episódio nos fez lembrar de quando um jovem da nossa igreja, também acabou se envolvendo com essa prática. Ele Passou a viver pelas ruas, mas através de pessoas que se permitiram ser usadas para colocar em ação o amor de Cristo: esse jovem foi cuidado e hoje ele é pastor adventista em Goiás. Tudo isso porque pessoas decidiram doar seu tempo e ir alcançar aqueles que para a sociedade estavam perdidos”, explanou.

O grupo enfatiza que a missão é feita com os pés dos que vão, com as mãos dos que enviam e com os joelhos dos que ficam.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox