Notícias Adventistas

Selo de desbravadores e aventureiros vai para museu dos Correios

Estatal reconhece trabalho importante realizado por clubes de desbravadores e aventureiros, que hoje contam com milhares de crianças e adolescentes.

Por Felipe Lemos 14 de março de 2019

Ricardo Bittencourt e os desbravadores e aventureiros com selos comemorativos durante cerimônia. Parceria que se fortalece.

Mais um passo importante foi dado na parceria entre uma das maiores empresas estatais brasileiras e o Ministério de Desbravadores e Aventureiros da Igreja Adventista do Sétimo Dia. A Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos, mais conhecida como Correios, incorporou ao acervo do seu museu, na tarde de quarta-feira, 13, os selos comemorativos especiais dos desbravadores e aventureiros. No mês de janeiro, durante a quinta edição do Campori Sul-Americano de Desbravadores, os Correios lançaram um selo alusivo aos 60 anos desde a fundação do primeiro clube de Desbravadores no Brasil, em 1959.

Leia também:

Correios emitem selos comemorativos dos 60 anos dos desbravadores no Brasil

Durante a cerimônia, o líder sul-americano de desbravadores e aventureiros, pastor Udolcy Zukowski, ressaltou o papel estratégico dos milhares de clubes para dar uma nova perspectiva de vida para crianças e adolescentes. “Queremos mais jovens livres de vícios, de violência, e mais próximos de valores que dão sentido à vida”, ressaltou. O pastor Davi França, representando o pastor Erton Köhler, líder sul-americano adventista, lembrou do trabalho de milhares de líderes voluntários que, todas as semanas, ajudam a coordenar o trabalho dos clubes.

Reconhecimento e novos projetos

O superintendente executivo para a Vice-Presidência de Negócios Públicos dos Correios, Ricardo Bittencourt, disse que é praticante do escotismo e, portanto, compreende a importância do trabalho realizado pelos clubes de desbravadores e aventureiros. Ele afirma que os Correios estão à disposição para apoiar o trabalho com os meninos e meninas. Esta primeira iniciativa incentiva a prática da filatelia (coleção de selos), mas ele vislumbra, no futuro, parcerias relacionadas a outros serviços prestados pela empresa, especialmente na área de logística.

A capilaridade da estatal é realmente admirável. Segundo o site oficial da empresa, os Correios tiveram sua origem no Brasil em 25 de janeiro de 1663 e atualmente estão presentes em todos os 5.570 municípios do país. A empresa entrega, mensalmente, cerca de meio bilhão de objetos postais, dentre eles, 25 milhões de encomendas.

Ao todo, foram produzidas duas séries de selos relacionados aos clubes, com 18 mil unidades. Uma delas homenageia os 60 anos dos Desbravadores no Brasil, e a outra comemora a V edição do Campori Sul-Americano. Segundo o empresário Samuel William de Paula, que fez a articulação entre a Igreja Adventista e os Correios para esta parceria, esse é o início de uma iniciativa que atingirá a marca de 75 selos nos próximos quatro anos. A proposta é que sejam lançadas versões comemorativas de projetos e ministérios da Igreja, como Quebrando o SilêncioMissão CalebeVida por VidasAventureiros e Ministério da Família, por exemplo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox