Notícias Adventistas

Desbravadores e aventureiros iniciam atividades com acantonamento on-line

Dez clubes participaram da atividade que envolveu também as famílias.

Por Clodoaldo Alexandre e Gustavo Cidral 19 de março de 2021

Algumas famílias puderam acampar em locais de mata durante o acantonamento. (Fotos: Arquivo Pessoal)

O ano já está em março e o reinício das atividades presenciais dos clubes de desbravadores precisou ser adiada, respeitando o decreto que restringe e proíbe reuniões presenciais. Diante desse cenário e com base nas experiências do ano passado, alguns clubes estão se adaptando a um novo modelo de atividades com o desafio de motivar e manter o interesse dos aventureiros e desbravadores nos encontros on-line.

Na cidade de Ribeirão Claro (PR), o Clube de Desbravadores Colina do Norte e Aventureiros Perola do Norte decidiram iniciar as atividades virtuais, mas de forma diferente: organizaram um Acantonamento On-Line. O tema escolhido foi “Imbatíveis”.

Segundo Wagner Gabriel, diretor do Clube Colina do Norte e organizador do evento, a ideia surgiu após a live do pastor Udolcy Zukowski (líder sul-americano de desbravadores), realizada no início de março. “O evento foi inovador, porém com muitos desafios para colocar em prática”. Com a experiência de quatro camporis on-line que o clube participou no ano de 2020, os líderes planejaram o programa e as tarefas práticas a serem cumpridas pelos desbravadores, aventureiros, pais e familiares. No total, dez clubes participaram do evento: quatro de aventureiros e seis de desbravadores.

A abertura no sábado (13) e encerramento no domingo (14) foram transmitidos pela página do clube. As atividades e desafios foram realizados com o apoio das famílias, montando barraca e acampando no quintal de suas casas.

Para Simoni, que é mãe de desbravador e aventureiro e diretora do clube de aventureiros Bela Manhã “as crianças participaram com muita animação porque foi uma maneira diferente de acampar. As provas e desafios foram atividades práticas, os pais corresponderam participando e também se empolgaram, principalmente em montar e dormir em barraca, fazer fogueira e cozinha ao ar livre”.

A coordenadora de aventureiros da Região Delta, Flavia Baptista, relata que “foi um evento que deu certo porque teve o envolvimento e união de todos os participantes. Além disso, fortaleceu os laços de amizade com outros clubes e surpreendeu pela equipe de organização.  Houve criatividade na escolha das provas, acessíveis para todos cumprirem”.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox