Notícias Adventistas

Curso de Capitães e Conselheiros movimenta fim de semana

Mesmo sob mau tempo, 510 desbravadores e aventureiros aproveitaram cada momento do treinamento que aconteceu no último fim de semana

25 de abril de 2017

Capitães e Conselheiros driblam o mau tempo e passam o fim de semana em treinamento.

Itaboraí, RJ… [ASN] A chuva não foi suficiente para esfriar a alegria e empolgação que tomaram conta de desbravadores e aventureiros no último fim de semana. Os 510 inscritos no Curso de Capitães e Conselheiros da Associação Rio Fluminense (ARF) enfrentaram lama e chuva, mas voltaram para casa com as mochilas cheias de novos conhecimentos e lembranças inesquecíveis. O evento aconteceu no Centro de Treinamento de Desbravadores, em Bacaxá, distrito de Saquarema, na região dos Lagos do Rio de Janeiro.

De acordo com o pastor Filipi Ribeiro, diretor de Desbravadores e Aventureiros da ARF e responsável pelo evento, o objetivo do treinamento foi capacitar os líderes para atuarem com as crianças em temas sensíveis, como violência e homossexualidade. “As demandas sobre a liderança dos clubes mudaram. A atualidade exige um preparo especial dos que atuam diretamente com as crianças e juvenis, para saberem lidar com temas sensíveis”, explica. Ele afirma, ainda, que “é muito importante capacitar àqueles que estão à frente dos clubes, para que sejam motivados e  saiam confiantes de que os obstáculos podem ser vencidos por meio de capacitação e da fé”.

O Cross foi a grande atração entre as atividades físicas propostas no curso

 

As atividades do curso foram divididas de acordo com a faixa etária e especificação dos 3 diferentes grupos presentes: crianças, juvenis e jovens. Pra os pequenos, atividades mais lúdicas e para os maiores, um nível a mais de “ralação”, como eles mesmos dizem. Entre as muitas atividades oferecidas, o cross ganhou a atenção da garotada! Para completar o percurso estabelecido, eles tiveram que enfrentar lama, atravessar um trecho usando cordas, subir montanha e ter muito gás para correr e concluir a prova. O estudante Daniel de Jesus costa de Oliveira, 15 anos, participou da prova e destacou o trecho em que foi preciso atravessar sob um obstáculo de madeira para continuar o percurso como a maior dificuldade. No entanto, quando perguntado se participaria novamente, ele não hesita em responder que “iria mil vezes! Foi show!”, conta Daniel, que é secretário do Clube de Desbravadores Saffary, de Tamoios, em Cabo Frio, Região dos Lagos. [Equipe ASN, Marcely Seixas]

 

 

Para os capitães e conselheiros avançados, houve uma atividade de montanhismo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox