Notícias Adventistas

Adolescente

Concurso incentiva adolescentes a estudarem a Bíblia

Prova foi aplicada para adolescentes adventistas do Brasil e de mais sete países sul-americanos.


  • Share:

Os ganhadores na fase local foram Winston Kauã, membro da igreja do Setor Sul de Luziânia, que levou o primeiro lugar, Samuel Félix, de Samambaia Norte, segundo lugar, e a representante da igreja do Jardim Ingá, Leire Anne, em terceiro lugar.

Um concurso que envolveu adolescentes da Igreja Adventista do Sétimo Dia do Planalto Central rendeu um desafio que estimulou a leitura do livro “Os Ungidos”, versão com linguagem atualizada do livro “Profetas e Reis”, da escritora norte-americana Ellen White, uma das fundadoras da Igreja Adventista. A prova foi realizada no mês de novembro em todo o território da Divisão Sul-Americana, sede administrativa da Igreja Adventista para oito países sul-americanos (Argentina, Paraguai, Uruguai, Bolívia, Brasil, Chile, Peru e Equador).

A líder do ministério dos adolescentes para todo o Planalto Central, Soraya Kassaoka, destaca que mesmo na pandemia, os adolescentes das igrejas locais continuaram recebendo motivação. Uma delas foi o concurso que os incentivou a estudar a lição da Escola Sabatina, a Bíblia e o livro “Os Ungidos”. “O objetivo desse concurso foi levar nossos adolescentes a se aprofundarem no conhecimento da Palavra de Deus”, salienta a líder.

No Planalto Central, os ganhadores do concurso foram: o adolescente Winston Kauã, membro da igreja do Setor Sul de Luziânia, que levou o primeiro lugar, Samuel Félix, de Samambaia Norte, segundo lugar, e a representante da igreja do Jardim Ingá, Leire Anne, em terceiro lugar. Todos os participantes passaram por uma série de atividades, como provas e leituras.

A coordenadora dos adolescentes da igreja do Setor Sul de Luziânia, Luciene Cunha, da cidade do adolescente que conquistou a primeira posição, comenta que uma das estratégias usadas para incentivar os participantes foram os brindes. “Fiquei muito feliz. Até hoje fico muito entusiasmada em saber que da minha igreja saiu um dos ganhadores”, destaca a coordenadora.

Já o ganhador Winston Kauã comemora a conquista e frisa que o concurso o deixou animado para estudar ainda mais a Bíblia. “Aprendi que quando a gente se esforça para conseguir o que quer, consegue. Eu aprendi bastante sobre os profetas e os reis de Israel”, conclui Kauã.