Notícias Adventistas

Adolescentes vibram e se emocionam no Celebra Teen do norte do PR

Programação reconheceu os destaques do ano e homenageou pessoas que deixaram um legado.

Por Gustavo Cidral 3 de dezembro de 2019

Celebra Teen da ANP reuniu mais de 650 participantes. (Foto: Gustavo Cidral)

O Celebra Teen do norte do Paraná reuniu mais de 650 adolescentes no último sábado, 30 de novembro. O auditório do Instituto Adventista Paranaense (IAP) recebeu os meninos e meninas que participam das bases Geração 148 Teen nas igrejas adventistas da região. A celebração teve encenação, música, batismo e premiações. As bases e os integrantes que se destacaram em alguma área receberam troféus e brindes. As categorias foram: Louvor, Mídia, Cada Um Salvando Um, Aluno Nota 1000, Professor Nota 1000, Faço Parte, Tô Dentro, Sou Master, Sou Mega e Super Mega.

O encontro também teve homenagens e momentos emocionantes. Nessa edição foi criado o prêmio Danielle Cristina dos Santos, que contempla as bases com mais de 80% dos alunos Nota 1000. O troféu é uma homenagem à Dani, uma menina de Mandaguaçu que lutou durante sete anos contra o câncer e faleceu em março deste ano. Apesar das adversidades, a adolescente nunca deixou de estudar a Lição da Escola Sabatina e conquistou o prêmio de Aluna Nota 1000 nos últimos dois anos. Em 2017, ela não pôde ir ao Celebra Teen por causa do tratamento e gravou um vídeo para os colegas. Mas no ano passado, mesmo debilitada, ela conseguiu estar presente para receber pessoalmente o troféu.

Pais da Dani recebem o troféu criado em homenagem a ela. (Foto: Gustavo Cidral)

A história de perseverança da Dani inspirou os amigos da base dela, que se comprometeram a se dedicar mais na comunhão com Deus. Como resultado, o grupo conquistou o troféu no formato da silhueta da Dani e o chapeuzinho que ela usava. Os pais dela participaram desse momento e entregaram o prêmio para outra base que também alcançou o índice.

“Ela ensinou muito com a vida dela, com o modo dela lidar com toda a situação, com todo o sofrimento, toda a luta que ela teve. É uma grande lição que ela deixa para gente. Fora isso, só saudade e orgulho que eu sinto dela”, expressou o pai, Reginaldo Augusto dos Santos.

Dona Ivone fala da experiência com o Ministério do Adolescente (Foto: Gustavo Cidral)

Assim como o legado da Dani, o de Ivone Paiva também foi destaque. Ela era coordenadora da base da igreja de Jardim Roma, em Londrina, e preparou uma das alunas para substituí-la, a Natália Chaves, que liderou os adolescentes nos últimos quatro anos. Porém, a jovem irá se casar e mudar de cidade. Sem preocupação para o grupo, pois os novos líderes já foram discipulados pela Nathália.

“Aqui, a gente está fazendo um trabalho para que dê continuidade, a gente não quer uma igreja que ‘morra’. Se essa juventude não for valorizada, se eles não forem discipulados, vai morrer, e a gente não quer que a igreja morra. A igreja é viva com eles, a igreja é feliz com eles, pois são o futuro da igreja. Não só o futuro, o presente”, comentou Monie Braga, diretora do Ministério do Adolescente na Associação Norte Paranaense (ANP) da Igreja Adventista do Sétimo Dia e organizadora do evento.

CLIQUE AQUI PARA VER MAIS FOTOS NO FACEBOOK

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox